Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Após fracassos, Holanda demite técnico no vôlei

Após ficar fora do Mundial, foco da seleção é conseguir uma vaga para as Olimpíadas de Londres, em 2016

Gazeta |

O ex-jogador Peter Blange não é mais o técnico da seleção holandesa de vôlei masculino. Após não conseguir levar a equipe batava à disputa do Mundial da Itália (o qual o Brasil sagrou-se campeão) e às finais do Europeu do próximo ano, o técnico acabou demitido pela federação.

Campeã olímpica em Atlanta/96, a seleção holandesa procura outro comandante para voltar a figurar entre as principais potências da modalidade. O sucessor de Blange, que estava no cargo há quatro anos, ainda é incerto.

Fora da Liga Mundial, o time laranja, em 2011, concentrará todas as atenções no objetivo de alcançar a classificação para as Olimpíadas de 2012, que serão sediadas em Londres. Bert Goedkoop, diretor da federação, elogiou o potencial dos jogadores nacionais e prevê um futuro promissor para a seleção, no entanto acredita em um projeto a longo prazo.

"O potencial do nosso time é grande, assim como o de nossos jovens atletas. Um programa fará com que a nossa seleção masculina volte à elite internacional, mas isso leva tempo", explicou.

Além de Blange, outra seleção masculina europeia promoveu mudanças em seu estafe técnico. Daniele Bagnoli será sucedido por Vladmir Alekna no comando da Rússia.

Leia tudo sobre: vôlei

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG