Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Agora no Vôlei Futuro, Mario Jr. encara Cimed pela primeira vez

Líbero conquistou o quarto título nacional com a equipe de Santa Catarina na temporada 2009/2010

Gazeta Esportiva |

A terceira rodada do turno da Superliga masculina de vôlei 2010/2011 será completada nesta segunda-feira com um clássico. Na cidade paulista de Araçatuba, o Vôlei Futuro receberá a Cimed, no ginásio Plácido Rocha, a partir das 18h30 (horário de Brasília), na primeira vez que o líbero Mário Jr enfrentará o clube com o qual foi tricampeão da competição (2007/2008, 2008/2009 e 2009/2010).

Dos quatro títulos da Cimed na Superliga, o líbero Mário Jr fez parte de três, e apesar de enfrentar o ex-clube, o jogador considera uma situação normal dentro da carreira de qualquer atleta.

"Só tenho a agradecer a Cimed o tempo que joguei lá, mas quero ganhar. Assim como eles também vão buscar a vitória. Para mim é um jogo normal, e acho que o fato de jogarmos em casa, com o apoio da nossa torcida, pode fazer a diferença, apesar de estarmos sem o Lucão e o Ricardinho. A Cimed perdeu apenas uma partida, para o Sesi, e tem um bom conjunto. Será um bom jogo", comentou Mário Jr.

"Estou muito contente no Vôlei Futuro, que tem uma grande estrutura. Já conquistamos o título do Campeonato Paulista, e queremos mais", afirma o jogador que fez parte da campanha do tricampeonato mundial do Brasil, na Itália no mês de outubro.

O Vôlei Futuro vem de dois clássicos na competição. Diante do Sesi perdeu por 3 sets a 2, na última quinta-feira, mas se recueprou frente ao Pinheiros/Sky no sábado, quando ganhou por 3 a 0. O técnico da equipe, Cezar Douglas, diz que espera o mesmo nível de dificuldade das duas partidas no confronto com a Cimed.

"Esta última vitória foi importante não só pelos pontos conquistados, mas pela própria sequência de resultado. Para o jogo de amanhã já começamos a trabalhar hoje. Fizemos a parte física pela manhã, e treinaremos com bola à noite. Estamos esperando o mesmo nível de dificuldade dos jogos passados. Mas espero que o grupo mantenha o mesmo número de acertos e que, principalmente, mostre a mesma disposição pela vitória", analisou.

O oposto Leandro Vissotto, que vem sendo um dos destaques do Vôlei Futuro nesta Superliga 10/11, concorda com o treinador no quesito disposição. "Vamos jogar como jogamos contra o Pinheiros, com muita vontade de ganhar. Isso é o que não pode faltar", ressaltou.

O levantador Ricardinho, com dores no joelho, pode retornar à equipe após dois jogos de ausência para enfrentar a Cimed. Mas a palavra final será dada apenas nesta segunda-feira.

"Ele está tendo uma evolução gradativa. Diariamente o nível de dor está sendo avaliado, assim como a flexibilidade do joelho. Vamos esperar. O Leandro (segundo levantador do time) foi muito bem nos dois últimos jogos e já demonstrou que ganhamos mais um jogador para esta temporada da Superliga", avaliou o técnico Cezar Douglas.

Leia tudo sobre: vôlei - superliga masculina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG