Ponteiro passou por uma operação no ombro direito no começo do mês, no dia do aniversário, e fala que objetivo é jogar Mundial e estar bem nas Olimpíadas

Depois da cirurgia no ombro, Murilo recebeu diversos presentes de fãs
Reprodução/Facebook
Depois da cirurgia no ombro, Murilo recebeu diversos presentes de fãs

Murilo viveu dias de glória na seleção brasileira masculina de vôlei em 2010. Venceu a Liga e o Campeonato Mundial, foi eleito melhor do mundo e se consagrou. Nas últimas temporadas, sofreu com uma constante dor no ombro e, depois de hesitar, resolveu dar um tempo e passar por uma cirurgia. Apesar da previsão de seis meses afastado das quadras, se recusa a dizer que passará um tempo fora do esporte.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Meu corpo pediu e tive que respeitar. Não vejo como um 'tempo fora', mas como um tempo para o meu corpo ou um descanso necessário para que eu possa seguir jogando no alto nível", afirma Murilo em um bate-papo exclusivo com o iG

Leia mais: No dia do aniversário, Murilo passa por cirurgia no ombro

O jogador passou pela cirurgia no ombro direito no começo do mês. Ele sofria de uma lesão conhecida como slap, que causa dores crônicas e é comum aos jogadores de vôlei. "Adiei por dois anos e suportei essa lesão porque no ano passado havia Liga Mundial, Olimpíadas e era um período bastante importante para clubes e seleção. A hora para parar e operar era agora", explica. 


A cirurgia aconteceu em 3 de maio, data do aniversário de 32 anos do ponteiro. "O meu ombro novo foi meu presente de aniversário e não vejo a hora de 'estrear' ele", brinca Murilo. 

A expectativa agora é se dedicar à recuperação - ele começou a fisioterapia ainda no hospital, no dia seguinte à operação - e pensar no futuro. "Quero voltar bem, 100%, sem lesões ou dores. Meu objetivo é disputar o Campeonato Mundial e estar bem para jogar as Olimpíadas no Rio", pontua o atleta. 

Visite também o blog Mundo do Vôlei

Por enquanto, Murilo não pensa em clube. Ele não teve o contrato renovado com o Sesi depois de quatro temporadas com o time paulista. "Achei que fosse continuar no Sesi, esse era o meu objetivo. Minha vontade era permanecer, mas não aconteceu. Ficam as amizades e os bons momentos que passei lá", diz Murilo. "Ainda não estou negociando com nenhum clube, não estou pensando nisso agora. Estou concentrado na minha recuperaçã", completa.  

Jaqueline fez festa de aniversário para Murilo no hospital, depois da cirurgia
Reprodução/Instagram
Jaqueline fez festa de aniversário para Murilo no hospital, depois da cirurgia

Jaqueline, esposa do jogador, também ainda não tem equipe para a próxima temporada, apesar de especulações de que ela defenderia a Unilever. Nessa fase de negociação o casal não ensa em reviver tempos de namorados, quando moraram por anos em cidades diferentes. "Sai muita coisa que não é verdade. Não decidimos o nosso futuro, nem eu nema Jaque, mas queremos morar juntos, ficar perto um do outro", assegura o ponteiro. 

Leia mais: Após geração de líderes, Murilo é favorito para herdar tarja de capitão

E a esposa tem sido uma aliada de Murilo nessa fase de recuperação depois da cirurgia. A jogadora já passou por cirurgias no joelho, tornozelo e ainda viveu um grande susto com uma lesão na cervical logo na estreia no Pan-Americano de 2011. 

"A Jaque já encarou muita coisa e passou por tudo isso.Ela me dá muita força e ajuda a superar esse momento com muita alegria e confiança", elogia. 

Com a cirurgia, Murilo perderá as próximas competições da seleção. Bernardinho, entretanto, deu aval para dar esse 'tempo de descanso'. "Ele sabia da necessidade da cirurgia, do quanto a lesão me prejudicou e o quanto atrapalhou o meu rendimento nos últimos anos", comenta.

Agora é acompanhar de longe. Ele já foi cotado até por Bernardinho para assumir a tarja de capitão com a aposentadoria de Giba. Agora, apoia a escolha de Bruninho para a função. "O capitão se faz por atitudes e o Bruno é um líder, um jogador que superou muita coisa, mostra qualidade e merece ser capitão", afirma Murilo, que agora acompanha a seleção de longe. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.