Arritmia cardíaca provocou morte de Bovolenta, segundo autópsia

Jogador de vôlei teve um mal súbito em quadra, durante uma partida da série B2 da Itália em março deste ano, e morreu

iG São Paulo |

Getty Images
Bovolenta tinha 37 anos e morreu depois de sofrer uma parada cardíaca durante uma partida

De acordo com a autópsia, o jogador italiano de vôlei Vigor Bovolenta morreu por causa de uma arritmia cardíaca, resultado de uma doença congênita. As informações são do site Volleyball.it. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

O atleta, que já defendeu a seleção azzurra, teve um mal súbito em quadra, durante uma partida da série B2 do Campeonato Italiano. Ele caiu quando estava no saque, foi atendido, mas morreu antes de chegar ao hospital. 

Relembre:  Medalhista olímpico italiano no vôlei passa mal e morre em quadra

O resultados dos exames, divulgados nesta semana, indicam que Bovolenta teve uma arritmia. Essa não foi o primeiro problema no coração na carreira do italiano. Na temporada 97/98, ele chegou a ficar meses sem jogar para tratar outra arritmia. Entretanto, seguiu fazendo acompanhamento e foi liberado para voltar a jogar profissionalmente. 

Veja fotos de outros casos de esportistas que morreram em campo 

Segundo o toxilogista Rino Froldi medicamentos ou estimulantes ingeridos por Bovolenta podem ter desencadeado o problema mais uma vez. O Ministério Público ainda vai analisar os resultados para decidir se arquiva ou não o caso. 

Vigor Bovolenta já defendeu a seleção italiana em Ligas Mundiais, e foi para nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996. Aos 37 anos, ele jogava em Forli quando teve o mal súbito em quadra e já planejava a aposentadoria das quadras. 

Leia tudo sobre: vigor bovolentavôlei italiano

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG