iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

19/11 - 15:45

Sandra Pires é destaque no quali em Recife
“Jogar o qualifying é um desafio a mais e temos que encará-lo", disse a jogadora

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Campeã olímpica em 1996, Sandra Pires é o nome mais importante do qualifying da etapa de Recife do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, que será disputado a partir desta quinta-feira. A atleta não pôde entrar na chave principal porque atuará em Pernambuco com uma nova parceira, a novata Fabí, de 18 anos.

“Jogar o qualifying é um desafio a mais e temos que encará-lo. Para a Fabí, é uma ótima experiência. Não é bom para ela pular fases, queimar etapas. O qualifying exige um foco específico e o torneio principal, outro. É importante para ela saber lidar com essas diferenças”, afirmou Sandra.

Dono do título no Recife em quatro oportuinidades, Sandra, de 35 anos, não poupou a nova parceira de elogios. “É uma atleta muito jovem e alta, que certamente tem um futuro brilhante pela frente. É uma grande motivação para mim poder participar dos processos de formação e crescimento dela, que é a parceira mais jovem com quem já joguei. Espero poder ajudá-la com a minha experiência. Às vezes, tenho até que me policiar, afinal tenho quase o dobro da idade dela ”, comentou.

A paraibana Fabí é a terceira atleta com quem Sandra faz dupla este ano: no começo da temporada, ela se uniu a brasiliense Leila. Depois, com o fracasso da campanha que visava uma vaga nas Olimpíadas de Pequim, ela jogou ao lado da gaúcha Tatiana, que operou o ombro recentemente.

No masculino, o tricampeão Adriano – 1994, 1997 e 2001 - é uma das principais esperanças da torcida pernambucana. Campeão do Circuito Brasileiro em 1997, Adriano disputará a etapa pernambucana ao lado do campeão olímpico Marcelo Negrão. A dupla busca voltar a superar o qualifying, fato que não acontece desde a etapa de Brasília, no fim de abril.

”É sempre muito bom jogar no Recife, me dá um ânimo incrível. As areias da Boa Viagem já me deram muitas alegrias no Circuito Brasileiro. O Marcelo ficou um período sem treinar enquanto se mudava do Guarujá para São Paulo e nossa dupla sentiu bastante a falta de ritmo. Ele passou as duas últimas semanas no Recife e pudemos treinar bem neste período”, contou Adriano.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo