iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

01/11 - 18:48

Rexona vence reedição da final carioca
O time carioca volta a jogar nesta quarta-feira, enfrentando o Vôlei Futuro, em Araçatuba, a partir das 20 horas

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Cinco vezes campeão da Superliga feminina de vôlei, o Rexona-Ades conquistou mais uma vitória no torneio na tarde deste sábado, batendo o Mackenzie/Cia. do Terno por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/21 e 25/23, em Belo Horizonte (MG). A partida foi uma reedição da série final do Carioca, que também teve a equipe comandada por Bernardinho como campeã.

O time carioca volta a jogar nesta quarta-feira, enfrentando o Vôlei Futuro, em Araçatuba, a partir das 20 horas, no ginásio Plácido Rocha. Na quinta será a vez do time de Minas tentar sua reabilitação contra o São Caetano/Blausiegel, às 19h30, novamente em casa.

Em outro jogo encerrado, o Minas Tênis Clube obteve mais uma vitória, desta vez sobre o Praia Clube/Futel, de Uberlândia (MG), por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/23 e 25/18. A ponteira Ivana, do time mineiro, foi o destaque da partida. Além de ter sido a maior pontuadora, com 19 acertos (14 de ataque, quatro de bloqueio e um de saque). Pelo grupo adversário, a atacante Nayara, com 17 acertos, foi quem mais marcou.

Jarbas Soares, técnico do Minas Tênis Clube, gostou da atuação da equipe. “O mais importante desta vitória, além dela ter sido por 3 sets a 0, foi que ganhamos de um adversário direto na classificação geral. Depois da vitória na primeira rodada, esperava o time mais solto em quadra. Mas a equipe não se soltou. Acredito que tenha sido por ter vencido um time forte na estréia e jogou com a responsabilidade de ganhar bem este jogo”.

Para ele, a capacidade de reação da equipe foi fundamental. 'Saímos perdendo nas duas primeiras parciais e viramos. No terceiro set, começamos na frente e ditamos o ritmo da partida até o final”.

Responsável pelo Praia Clube/Futel, o técnico Spencer Lee elogiou a postura da equipe em quadra, apesar da derrota. “Jogamos uma excelente partida. Estivemos à frente nos dois primeiro sets. O time jogou com vibração e alegria. Lutou o tempo inteiro pela primeira vitória, já nesta segunda rodada. O fundamento que fez a diferença a favor do Minas Tênis Clube foi o bloqueio. Espero que nosso time repita outras vezes esta atuação”.

O Minas joga na quarta contra o Sport/Maurício de Nassau, em Recife, às 20h30. Já o Praia joga em casa na quinta-feira contra o Pinheiros/Mackenzie, às 19 horas, em Uberlândia (MG).

Leia mais sobre: Superliga feminina de vôlei



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo