iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

13/10 - 13:43

Sandra Pires deixa Leila e retoma parceria com Tatiana

A reestréia da dupla será na sexta-feira, na etapa de Camaçari do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia

Gazeta Esportiva

FORTALEZA - Depois de disputar o primeiro semestre ao lado de Leila, quando passou longe do objetivo de chegar às Olimpíadas de Pequim, Sandra Pires retomou a parceria com Tatiana. As atletas jogaram juntas em 2001, quando venceram os Goodwill Games e foram vice-campeãs mundiais.

“Faz muito tempo desde que jogamos juntas pela última vez e não teremos muitos treinamentos para nos readaptar. A Tatiana estava jogando a AVP (circuito norte-americano) e chegou dos Estados Unidos no domingo. Mas podem esperar muita luta desta parceria. Vamos com paciência, pensando em evoluir aos poucos e subir no ranking”, comentou Sandra, campeã olímpica em Atlanta-1996.

A reestréia da dupla será na sexta-feira, na etapa de Camaçari do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Aos 35 anos, Sandra foi campeã três vezes na Bahia: em 1995, ao lado de Jacqueline, e em 1998 e 1999, formando dupla com a carioca Adriana Samuel. Agora, a carioca tem a oportunidade de se tornar a maior vencedora entre as mulheres na etapa baiana. Isto porque, as únicas que podem superá-la, Adriana Behar (aposentada) e Shelda, não participarão da competição.

“Eu e a Tatiana formamos uma dupla de baixa estatura e teremos o obstáculo da falta de entrosamento para superar também. Me considero baixa para jogar no bloqueio (tem 1,74m) e estou encarando esta função. O fator positivo é que a Tati, além de uma ótima jogadora, é uma guerreira”, comentou Sandra.

Na temporada 2008 da AVP, Tatiana obteve bons resultados. Jogando ao lado da norte-americana Carrie Dodd, ela foi vice-campeã uma vez (Belmar) e ficou na terceira colocação em três oportunidades (Louisville, Hermosa Beach e Boulder). A dupla ficou em quinto lugar no ranking da competição.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo