iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

30/09 - 16:36

Quase recuperado, Leandrão lamenta lesão que o tirou da disputa
Apesar de não ter condições de jogo, o atleta atendeu o pedido de Bernardinho para acompanhar o grupo que ficou com a medalha de prata

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Convocado pelo técnico Bernardinho para a Copa América de vôlei, encerrada no último final de semana em Cuiabá, o oposto Leandrão lamentou o fato de não ter conseguido defender as cores da seleção brasileira na disputa. Tudo por conta de uma luxação no dedo indicador da mão esquerda.

“Eu estava treinando muito bem, com grandes possibilidades de ficar entre os doze e jogar. Foi uma decepção, porque eu sabia que estava bem. Era o primeiro campeonato internacional que eu iria participar com a seleção principal e acredito que o Bernardinho estava gostando muito do meu trabalho. Dois dias antes da estréia em Cuiabá fui fazer um bloqueio e me machuquei. O osso só saiu do lugar, não quebrou, mas teve que ficar imobilizado”, contou.

Apesar de não ter condições de jogo, o atleta atendeu o pedido de Bernardinho para acompanhar o grupo que ficou com a medalha de prata no Centro-Oeste. “Depois que me machuquei, eu sabia que eu não iria jogar, mas mesmo assim o Bernardinho quis que eu acompanhasse a Seleção. Acho que ele gostou bastante de mim”, anima-se.

De volta ao seu time, o Sada/Betim, Leandrão já visa uma nova chance no time vice-campeão olímpico em Pequim. “Já vou voltar a treinar com bola, só não posso bloquear e dar toque. Quero dividir esta experiência com meus amigos do Betim, me dedicar muito aqui para mostrar que estou bem, para que o Bernardinho me chame novamente“, afirmou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias