iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

25/09 - 21:36

Após ouro em Pequim, EUA são eliminados da Copa América

Com apenas dois dos 12 jogadores campeões olímpicos, EUA já haviam perdido na estréia para Cuba

Gazeta Esportiva

CUIABÁ - Depois de ficar com a medalha de ouro na Olimpíada de Pequim derrotando o Brasil na final, os Estados Unidos decepcionaram no primeiro torneio após a disputa olímpica: a Copa América. Nesta quinta-feira, o time norte-americano foi derrotado pela Argentina por 3 sets a 2 (parciais de 17/25, 25/16, 16/25, 25/17 e 13/15) e terá que se contentar em disputar o quinto lugar da competição.

Com apenas dois dos 12 jogadores campeões olímpicos em Pequim, o líbero Richard Lambourne e o ponteiro Scott Touzinsky, os Estados Unidos já haviam perdido na estréia para Cuba. Com o revés desta quinta-feira, os norte-americanos aparecem na última colocação do grupo A e disputarão o quinto lugar com o lanterna do Grupo B, composto por Brasil, México e Venezuela.

“Cuba jogou muito bem contra nossa equipe e a Argentina defendeu muito bem. Viemos com um time muito jovem e os jogadores ainda estão aprendendo a jogar juntos, a adquirir entrosamento” apontou técnico norte-americano Ronald Larsen, justificando a má campanha na competição.

Já a Argentina se garantiu nas semifinais e nesta sexta-feira decidirá a primeira colocação do Grupo A contra Cuba. “Esse foi o primeiro jogo desse grupo e desde o início achei que viríamos para a Copa América disputar o quinto lugar. Por isso, estar nas semifinais para nós já é um grande resultado. Acredito que o jogo de amanhã contra Cuba será bem parecido com esse (diante dos EUA)”, comemorou Juan Cichello, treinador da Argentina.


Leia mais sobre: Copa América de vôlei vôlei

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias