iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

21/09 - 15:28

Osasco vence São Caetano e leva o título no vôlei feminino

Em jogo equilibrado, Osasco de Paula Pequeno superou o São Caetano de Fofão e Mari na final da Copa do Brasil

Gazeta Esportiva

CURITIBA - O Finasa/Osasco conquistou seu primeiro título da temporada 2008/2009. Neste domingo, a equipe da Grande São Paulo venceu a final da Copa Brasil contra o São Caetano por 3 sets a 2 (25/21, 18/25, 25/21, 19/25 e 15/12) e terminou em primeiro lugar a competição, disputada em Curitiba.

O bronze, por sua vez, ficou com o Rexona-Ades, que bateu o Brasil Telecom.

Em um duelo muito equilibrado que contou com seis campeãs olímpicas, o Osasco de Paula Pequeno, Sassá, Carol Albuquerque e Thaísa superou o favorito São Caetano, que contou com o trio Sheilla, Mari e Fofão. Para as jogadoras, o que decidiu a partida foi a menor quantidade de erros cometidos pelo Osasco.

“O que conta muito é o mínimo de erros, manter a regularidade e a paciência durante o jogo”, falou a campeã Thaíssa. Já Sheilla acredita que sua equipe ainda precisa evoluir. “Nosso time não fez uma partida. Erramos muito e elas erraram menos, merecendo a vitória. Ainda temos muito para evoluir”, disse.

Com erros cometidos dos dois lados, a partida foi bastante equilibrada. No primeiro set, o Osasco dominou, assumindo a liderança no placar logo no início e mantendo-se à frente até o final. Já na segunda parcial, quem passou a tomar conta do jogo foi o São Caetano, que passeou em quadra e fechou facilmente em 25 a 18. A história do jogo mudou de figura no terceiro set, quando o equilíbrio entrou em quadra e as equipes passaram a se revezar na liderança do placar.

Depois de sofrer em alguns momentos no set, o Osasco se recuperou justamente na reta final, com a ajuda de Paula Pequeno. Assim, a equipe abriu vantagem de 20 a 18, fechando em seguida em 25 a 21. Sem desistir, o São Caetano novamente mostrou força para reagir e chegou a liderar com cinco pontos de vantagem (16 a 11) no quarto set. A diferença no marcador foi mantida e a equipe fechou em 25 a 19, levando o jogo para o tie-break.

No desempate, o Osasco não soube administrar a vantagem que abriu no começo (7-2) e permitiu uma reação das adversárias, que encostaram em 7 a 6. Assustadas, as comandadas de Luizomar de Moura não deixaram que o São Caetano virasse e fecharam com relativa tranqüilidade em 15 a 12.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar