iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

21/09 - 13:08

De bigode, campeões dizem se inspirar em Ricardo e Emanuel

Pedro e Harley chamaram a atenção por ostentarem um bigodinho sem barba, que segundo eles era por 'superstição'

Gazeta Esportiva

GUARUJÁ - Depois de cinco anos de domínio no Circuito Mundial, Ricardo e Emanuel perderam a hegemonia neste domingo. Atuando no Guarujá, Pedro e Harley conquistaram o título 2008 da disputa ao bater os alemães Brink e Dieckmann na decisão da etapa por 2 sets a 1.

De quebra, Emanuel perde um recorde de sua vitoriosa carreira. A partir desta domingo, ele deixa de ser o atleta mais novo a se sagrar campeão do Circuito Mundial. Aos 22 anos, Pedro Solberg conquistou neste domingo a temporada 2008 da disputa. Doze anos atrás, em 1996, o paranaense havia conseguido sua primeira taça ao lado de Zé Marco. Mas isso não significa o ínício de uma rivalidade entre as duas duplas.

Pelo contrário, garante Pedro Solberg. 'Tenho o Ricardo e o Emanuel como um espelho. É impressionante e instigante como eles conseguem continuar ganhando depois de tanto tempo. Quero aprender isso. São dois professores para mim e acredito que devem estar felizes por nós agora', destacou.

O domínio do Brasil no Circuito é visto por Harley como fruto de muito trabalho. 'Isso mostra o quanto o vôlei de praia do país tem crescido e conta com bons atletas. O Brasil tem que dar parabéns para essa modalidade, que também ganhou duas medalhas em Pequim, além de a gente ter sido campeão do Circuito', destacou o brasiliense.

Harley lembrou que a dupla começou a jogar juntos quase que por acaso, no início de 2007. Na época, Harley jogava com Alisson, enquanto Pedro atuava ao lado de Bejamin. Por problemas de contusão no início da temporada, eles se uniram, mas mal tiveram tempo de treinar para os torneios que viriam.

'Foi tudo bem em cima da hora, nem deu tempo de se preparar direito, fazer táticas ou jogar alguns torneios para se preparar. Quando chegamos para nossa primeira disputa do Circuito Mundial, na China, nós ganhamos. E isso foi muito legal', comemorou Harley.

Pedro acredita que este foi o passo decisivo na história da parceira. 'Mostramos que tínhamos uma química muito boa e poderíamos ser uma equipe muito forte. Começamos a sonhar com as Olimpíadas, mas era complicado porque, como não tínhamos vaga garantida direto nas etapas, jogávamos de terça a domingo, e viajávamos na segunda', lembrou.

Bigode - Durante a etapa do Guarujá, tanto Pedro como Harley chamaram a atenção por ostentarem um bigodinho sem barba. Questionados sobre o assunto, eles explicaram que tudo não passava de superstição.

'Não tenho o menor saco de fazer barba e, antes de uma etapa do Circuito Brasileiro, fiquei só de bigode e me dei bem. Como eu sou botafoguense, acredito muitos nestas coisas e resolvi repetir o mesmo', brincou Harley.

Harley então seguiu a moda em solidariedade. 'Todo mundo dizia que o Pedro estava feio, mas como eu sour parceiro dele, resolvi deixar meu bigode crescer também. Além do mais, todas as grandes conquistas do Giba, ele estava com um bigodão', sorriu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar