iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

17/09 - 17:41

Érika comemora volta ao Rexona em 'casa'

Ponteira iniciou a sua carreira no clube, em 1997

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Após uma ausência de sete anos, a ponteira Érika Coimbra volta em grande estilo ao Rexona/Ades. A estréia da atleta na temporada 2008/2009 não podia ser mais especial: a Copa Brasil de Vôlei, que será realizada em Curitiba, cidade em que a jogadora começou sua carreira, em 1997.

Trata-se de uma história que se mistura a do próprio programa Rexona-Ades, nascido no mesmo ano e local.

Aos 28 anos, casada com um curitibano e dona de um apartamento na cidade, Érika espera reencontrar a torcida paranaense e ajudar o seu time a fazer uma boa campanha na primeira competição da temporada. 'Com certeza ficarei emocionada ao ver a torcida que sempre foi fiel ao Rexona. Curitiba me proporcionou momentos especiais. Foi onde tudo começou. Quero poder ajudar o time a manter seus títulos', afirmou a atleta.

Érika fica orgulhosa do sucesso do programa Rexona-Ades e confessa que planeja ter algo parecido no futuro. 'Tenho planos de montar um projeto social com meu nome aqui em Curitiba, acho importante este tipo de iniciativa. Curitiba é a minha casa, já que tenho apartamento montado na cidade, onde estou sempre que posso', afirmou a atleta, ex-seleção brasileira.

Além de Érika, a meio-de-rede Carol Gattaz é outra que vai matar a saudade da cidade. Ela foi atleta do Rexona em 1999/2000, quando o time ainda treinava em Curitiba. “Será emocionante ver o ginásio lotado e a receptividade dos curitibanos. Além disso, vou reencontrar os amigos que deixei lá”, comentou Carol, que também reestréia na equipe nesta temporada, depois de passagem pelo rival Finasa/Osasco e pela Europa.

Raquel, que foi contratada para reforçar a equipe na Copa Brasil de Vôlei e na Salonpas Cup, próximo campeonato de clubes, também já passou pelo Rexona. Atuou na equipe entre 1997 e 1999 e entre 2001 e 2003. “Será uma ótima oportunidade. O Rexona é um lugar em que sempre me senti bem, vou tentar ajudar o time no que for preciso. Será maravilhoso voltar a Curitiba e reencontrar a torcida”, finalizou Raquel, de 30 anos e 1,90m.

A Copa Brasil começa na sexta e vai até domingo. Além do Rexona, lutam pela taça o Osasco, o São Caetano/Blausiegel e o Brasil Telecom.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar