iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

06/09 - 14:29

Rodrigão terá maratona se quiser defender seleção brasileira

Atleta embarcará para a Éuropa neste sábado e terá dificuldades para jogar na estréia do Brasil  pela Copa América

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Um dos cinco medalhistas de prata em Pequim convocado pelo técnico Bernardinho para a disputa da Copa América de vôlei masculino, o meio-de-rede Rodrigão terá que enfrentar uma maratona caso queira vestir a camisa verde-amarela em Cuiabá. Tudo porque seu clube, o italiano Lube Macerata não abriu mão da presença de Rodrigão na disputa da Supercopa da Itália, programada para o dia 20 de setembro.

Campeão da Copa da Itália na última temporada, Macerata jogará pelo título contra o Trentino, dono do título da última edição do Campeonato Italiano.

A diretoria do Macerata só aceita liberar o brasileiro a partir de 21 de setembro. “O Macerata conta comigo para a Supercopa, mas aceita me liberar da estréia no Campeonato Italiano (dia 28 contra o Pineto). O único detalhe é que eu só poderia me integrar ao grupo da seleção no dia 21, véspera da abertura do torneio em Cuiabá”, afirmou Rodrigão.

“É claro que eu gostaria muito de disputar mais esse torneio pelo Brasil, mas a Supercopa da Itália é um título que o Macerata quer conquistar para começar bem a temporada e o clube conta com seu time completo”, destacou o jogador, que embarca para a Europa neste sábado.

Os jogadores da equipe italiana já estão treinando desde o final de agosto, mas o central, bem como outros atletas do clube que disputaram a Olimpíada, ganhou alguns dias a mais de descanso após o término da competição realizada em Pequim.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar