iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

03/09 - 18:58

Carol Albuquerque decide futuro após competição em Fortaleza
Assim, como Carol, a meio-de-rede Walewska também não definiu seu destino

Gazeta Esportiva

FORTALEZA - Somente após a disputa do Torneio Final Four, que começa nesta quarta-feira, e uma conversa com o técnico José Roberto Guimarães, a segunda levantadora da seleção feminina de vôlei do Brasil, Carol Albuquerque decidirá se seguirá a companheira Fofão e deixará a equipe ou permanecerá no grupo campeão olímpico.

“Vou conversar com calma com o Zé Roberto. Meu filho Matheus está com quatro anos e é complicado eu ficar muito tempo longe de casa”, desabafou a levantadora, que poderá vestir pela última vez a camisa verde-amarela no Torneio Final Four, em que a seleção brasileira estreará às 21 horas desta quarta-feira contra a República Dominicana.
Assim, como Carol, a meio-de-rede Walewska também não definiu seu destino. Filhos e casamento, estudos fazem parte dos planos da jogadora. “A pressão é grande”, admitiu a jogadora, que acredita que jogar para a torcida brasileira após a medalha de ouro em Pequim é uma forma de retribuir o apoio e o carinho que a equipe recebeu.

“É muito bom sentir o que foi a conquista da medalha de ouro junto da torcida. Queremos mesmo sentir esse calor”, falou Walewska, que no final do mês seguirá para a Rússia, país onde jogará por dois anos.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar