iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

25/07 - 13:49

Para Bernardinho, desempenho do Brasil foi “estranho”
“Ele errou dois saques flutuantes, que não poderia ter errado”, reclamou o técnico sobre Rodrigão

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Após a vitória por 3 sets a 0 sobre o Japão nesta sexta-feira, o técnico da seleção brasileira masculina de vôlei definiu a partida contra os orientais como “estranha”. De qualquer forma, o técnico evitou muitas reclamações sobre o desempenho de seus comandados.

“O Brasil estava estranho. No começo, entrou bem em quadra empolgado pela força da torcida, mas no segundo set relaxou. Além disto, cometemos um número elevado de erros”, afirmou o técnico. “Temos que melhorar. Uma coisa que não funcionou bem foram as bolas do Marcelinho para o André Nascimento”, avaliou.

De volta ao time depois de quatro meses parado por conta de contusão, Rodrigão tomou bronca. “Ele errou dois saques flutuantes, que não poderia ter errado”, reclamou.

Bernardinho especulou que na segunda etapa os atletas não estavam na partida. “Foi uma boa oportunidade de dar ritmo para alguns atletas, mas acho que o time pensou um pouco na semifinal durante o segundo set”, avalia.

Semifinal, aliás, que é grande preocupação do treinador.  “É uma fase que tem um peso tremendo, pois todo mundo espera que o Brasil chegue na final da Liga. Porém, espero que mais uma vez os jogadores lidem bem com esta situação, como sempre fizeram”, destacou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo