iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

24/07 - 16:13

Pedro Solberg e Harley superam trauma e vencem na Suíça

Na primeira partida, os campeões dos etapas da China, Austrália e Itália derrotaram os canadenses Cadieux/Lelliot

Gazeta Esportiva

GSTAAD (Suíça) - Já com a perda da vaga aos Jogos Olímpicos de Pequim praticamente assimilada, o carioca Pedro Solberg e o brasiliense Harley deram a volta no Grand Slam de Gstaad (Suíça) e começaram a 14ª etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia com duas vitórias.

Na primeira partida, os campeões dos etapas da China, Austrália e Itália derrotaram os canadenses Cadieux/Lelliot por 2 sets a 0, duplo 21/18.

No segundo encontro, eles bateram os alemães Matysik e Dollinger em duas parciais de 23/21. Nesta sexta, valendo vaga para as oitavas-de-final, encaram os paraibanos Jorge/Renatão, que defendem a República da Geórgia e fecharam a jornada com um jogo ganho e outro perdido.

O dia, aliás, foi quase apenas de comemorações para o vôlei de praia brasileiro nos Alpes. Os homens acompanharam de perto o rolo compressor das mulheres, ainda invictas depois de dois dias de disputas, e ganharam sete dos oito compromissos desta quinta-feira, na abertura da chave principal.

Atual campeão olímpico, Emanuel, atuando na companhia de Alison enquanto parceiro regular Ricardo se recupera de contusão, passou fácil pelos neo-zelandeses Lochhead-Pitman (21/15 e 21/17) e, com um pouco mais de dificuldades, pelos austríacos Huber-Bläuel (21/17 e 21/19). Nesta sexta, em contrapartida, encaram uma pedreira contra os também invictos alemães Brink/Dieckmann, cabeças-de-chave número 1, na definição do Grupo J.

Franco e Benjamin também confirmaram o momento favorável que atravessam e estão liderando o Grupo Q com duas vitórias – a primeira, diante dos portugueses Pedrosa/Rosas (21/19 e 21/16), e a outra contra os franceses Conte/Dugrip (21/11 e 21/18). Agora, despedem-se da fase em partida sem favoritos com os locais Heuscher-Hoyer, que superaram os mesmos adversários dos brasileiros, mas concederam um set para a equipe de Portugal.

A única derrota verde-amarela no dia não foi surpresa: depois de estrearem passando pelos espanhóis Herrera/Mesa por 21/17 e 21/15, Billy e Bruno Schmidt não resistiram à força dos chineses Wu e Xu, vice-campeões de cinco torneios em 2008, e caíram por duplo 21/17. De qualquer forma, devem avançar como segundo colocados do Grupo L caso vençam o terceiro jogo contra os tchecos Kubala/Dumek.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo