iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

21/07 - 20:28

Brasil tenta se concentrar na fase final da Liga Mundial
Para o técnico Bernardinho, tão difícil quanto superar a força física da Rússia vai ser lidar com o favoritismo

Agência Estado

RIO DE JANEIRO - A seleção brasileira masculina de vôlei estréia contra a Rússia na fase final da Liga Mundial, quarta-feira, no Rio. E, faltando pouco mais de duas semanas da abertura da Olimpíada, a ordem é dar um passo de cada vez, sem perder a concentração.

Diante de duas competições duras e importantes, até a família fica em segundo plano. Por decisão do grupo, os parentes dos atletas não poderão se hospedar no mesmo hotel da delegação no Rio. "A medida foi tomada para a gente não perder o foco", explicou Giba.

Para o técnico Bernardinho, tão difícil quanto superar a força física da Rússia vai ser lidar com o favoritismo "exacerbado" da seleção brasileira, ainda mais quando atua em casa. "Não é fácil trabalhar com esse peso", afirmou.

O discurso do treinador brasileiro é de que a equipe não pode se empolgar tanto e nem se abater demais com seu desempenho na fase final da Liga Mundial. Mesmo porque, o objetivo principal é a luta pelo bicampeonato olímpico nos Jogos de Pequim.

Brasil, Rússia e Japão medem forças no Grupo E, enquanto Estados Unidos, Polônia e Sérvia jogam entre si na outra chave. Os dois primeiros colocados de cada avançam para a fase semifinal, que será disputada neste sábado. E o campeão da edição deste ano da Liga Mundial será conhecido no próximo domingo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias