iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

11/07 - 14:52

'Aluna', França tenta nova vitória sobre o Brasil
“Nosso objetivo maior é chegar às finais", explica o técnico francês Philippe Blain

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Depois de surpreender o Brasil vencendo há três semanas, em Paris, pela fase intercontinental da Liga Mundial, a seleção francesa tenta repetir o resultado neste sábado, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG).

“Nosso objetivo maior é chegar às finais", explica o técnico Philippe Blain, desejando que o time 'aprenda' mais com os brasileiros.

"Vamos entrar na quadra com o mesmo espírito que jogamos em nossa casa. No entanto, sabemos que o time brasileiro é o melhor e virá muito forte, já que estará atuando diante de sua torcida. Nos resta observar e aprender para que consigamos vencer os sérvios na próxima rodada e nos garantirmos entre os finalistas”, explica. A seleção brasileira está previamente classificada para a final.

Com o retorno do ponteiro Giba e do meio-de-rede Rodrigão, que estavam se recuperando de lesão, o líbero francês Rowlandson espera mais dificuldades no jogo. “A equipe do Brasil é a melhor do mundo. Contando com esses dois reforços, sei que será mais difícil realizar um bom trabalho", destaca o atual líder nas estatísticas de defesa da competição e o segundo mais eficiente na recepção.

Mesmo com as dificuldades, Rowlandson está confiante. "Acredito que possamos fazer frente à força brasileira se nos dedicarmos muito. Nossa preparação não mudou para essas partidas, mas sabemos que teremos que tomar mais cuidado, principalmente com o Giba. Ele é o cara”.

Para o ponta Tuia, enfrentar o Brasil será mais uma oportunidade de duelar contra alguns de seus ídolos. “É sempre um sonho enfrentar o melhor time do mundo. Ainda mais com um ginásio grande e lotado. Sei que todo o foco estará voltado para o Brasil, mas vou tentar repetir uma boa atuação. É difícil, mas se entrarmos concentrados, poderemos fazer um bom jogo”.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo