iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

04/07 - 17:57

Brasil mantém tabu e vence a Sérvia
Embora já esteja classificado para a fase final da Liga Mundial, que acontecerá no Rio de Janeiro entre 23 e 27 de julho, o Brasil não facilitou a vida da Sérvia, que precisava de duas vitórias para manter vivas as esperanças de classificação.

Gazeta Esportiva

Nesta sexta-feira, em Belgrado, pela fase intercontinental da competição, os titulares voltaram a atuar, com exceção de Giba e Rodrigão, que se recuperam de lesão.

Com falta de entrosamento e sem ritmo de jogo, os jogadores sofreram mas conseguiram vencer, de virada, a partida, pelo placar de 3 a 2, com parciais de 17/25, 21/25, 25/21, 25/21 e 15/8. Com a vitória, o Brasil manteve a invencibilidade de oito anos sem perder para os sérvios.

No primeiro set, a seleção brasileira começou impondo um forte ritmo de jogo, abrindo 4 a 1. Entretanto, os sérvios arrumaram seu bloqueio e conseguiram encostar no marcador (7 a 7). Em seguida, o Brasil se recuperou e voltou a liderar (10 a 7). Por sua vez, a Sérvia passou a aproveitar os erros de recepção do Brasil e passou à frente, marcando 15 a 12. A vantagem dos donos da casa só aumentou e os brasileiros sentiram a falta de ritmo de jogo, já que os titulares não jogavam desde a última partida contra os próprios sérvios, em 15 de junho. Assim, a Sérvia fechou facilmente o set em 25 a 17.

Na volta para o segundo set, o Brasil voltou mais concentrado, acertando mais as recepções com o líbero Serginho, o que facilitou os contra-ataques, fundamentais para abrir 8 a 6. Por sua vez, os sérvios não facilitaram a vida brasileira, aplicando fortes saques, que voltaram a prejudicar a recepção verde-amarela. Assim, os sérvios não deixaram os visitantes abrirem grande vantagem, mantendo o equilíbrio. No final do set, a Sérvia aproveitou o mau entrosamento dos jogadores do Brasil e chegou a abrir 21 a 18, o que foi fundamental para os donos da casa fecharem o set em 25 a 21.

Perdendo por 2 sets a 0, o Brasil necessitava vencer o terceiro set para manter as esperanças de triunfar no jogo. Foi o que aconteceu. Mais concentrados, defendendo, sacando e atacando melhor - auxiliados por Murilo, que substitui Nalbert -, os brasileiros abriram 6 a 4 no início da etapa, obrigando o técnico adversário a pedir tempo, em vão. O Brasil só aumentou a vantagem obtida, que chegou a 11 a 4. A Sérvia tentou ensaiar uma recuperação, conseguindo apenas diminuir a vantagem para 21 a 18, o que não assustou a equipe brasileira, que encerrou o set em 25 a 21. Com a vitória, o Brasil diminui a vantagem dos donos da casa no jogo para 2 sets a 1.

Com as duas equipes precisando da vitória, o quarto set foi muito equilibrado, sem que nenhum dos times conseguisse distanciar no marcador. O Brasil liderou a etapa com um ponto de vantagem até o primeiro tempo técnico obrigatório (8 a 7). Na volta, os sérvios passaram rapidamente à frente (10 a 9), mas o Brasil se recuperou, com bloqueio de Dante e ace de André Nascimento, fazendo 12 a 10. Entretanto, o Brasil possibilitou que a Sérvia empatasse o set em 15 a 15, o que fez Bernardinho pedir tempo, mas os sérvios mantiveram o bom ritmo e abriram um ponto no placar (18 a 17). Em um importante momento do jogo, a Sérvia errou no ataque, possibilitando que o Brasil conseguisse abrir 19 a 18. Com mais um ace de Nascimento, o Brasil conseguiu abrir 21 a 19, vantagem fundamental para o Brasil fechar a etapa em 25 a 21, levando o jogo para o tie-breack.

Muito embalados pela recuperação na partida, o Brasil abriu o quinto set abrindo 3 a 0, aumentando o nervosismo dos sérvios. Muito competentes, os brasileiros souberam administrar a vantagem, que se manteve até os 10 a 7. Tranqüilos pela liderança, o Brasil aproveitou o nervosismo sérvio e mostrou bom entrosamento. Assim, os comandados de Bernardinho mantiveram o tabu, ao fechar o tie-break por 15 a 8.

Com a derrota, as chances de a Sérvia classificar para a fase final da Liga Mundial diminuíram bastante, já que ocupa a terceira colocação do grupo, atrás de Brasil e França, favorita à vaga. Neste domingo, Brasil e Sérvia voltarão a se encontrar novamente.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias