iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

02/07 - 15:22

Seleção masculina chega a Belgrado
De olho em mais duas vitórias na Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei já está em Belgrado, onde enfrentará a Sérvia na próxima sexta-feira, às 15h30 (horário de Brasília), pela quarta rodada da competição

Gazeta Esportiva

O grupo comandado pelo técnico Bernardinho realizará nesta noite seu primeiro treinamento no ginásio Hala Pionir, palco da partida.

Brasil e Sérvia voltarão a medir forças no domingo, no mesmo horário, só que na cidade de Novi Sad.

Líder do grupo A com 11 pontos (cinco vitórias e uma derrota), o Brasil encerrará na Sérvia seus compromissos fora do país pela Liga Mundial. Após os duelos com os europeus, a seleção brasileira enfrentará a França, em Belo Horizonte, e a Venezuela, em Goiânia, antes da disputa da fase final, de 23 a 27 de julho, no Rio de Janeiro.

“As avaliações que fizemos nestas primeiras rodadas foram extremamente produtivas. A intenção agora é deixar o grupo todo nos mesmos níveis técnico e físico para as Finais da Liga Mundial e para os Jogos Olímpicos de Pequim”, afirma o técnico Bernardinho, que levou oito dos reservas que atuaram nos quatro últimos jogos: levantador Bruno, o oposto Anderson, os ponteiros Nalbert, Murilo e Samuel, e os meios-de-rede André Heller, Sidão e Éder.

Os outros sete atletas que viajaram passaram as duas últimas semanas treinando no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema: o levantador Marcelinho, o oposto André Nascimento, os ponteiros Giba e Dante, os meios-de-rede Rodrigão e Gustavo, e o líbero Sérgio Escadinha.

De acordo com Bernardinho, as próximas partidas terão a função de deixar o time mais homogêneo. “A intenção agora é deixar o grupo todo nos mesmos níveis técnico e físico para as finais da Liga e para as Olimpíadas. Uma parte dele, que jogou na França e na Venezuela, realizou viagens longas em um curto espaço de tempo, e por isso está um pouco desgastado. A outra metade vem de treinamentos fortes e precisa de entrosamento e ritmo de jogo”, explica.

Na primeira rodada da Fase Intercontinental da Liga Mundial, Brasil e Sérvia se enfrentaram em São Paulo. A seleção brasileira venceu as duas partidas por 3 sets a 2. O meio-de-rede Gustavo, que participou dos dois confrontos, acredita em mais duas partidas equilibradas diante dos rivais, que estão na chave do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim.

“Nos jogos em São Paulo, fomos de certa forma surpreendidos, pois não conhecíamos boa parte da equipe sérvia. Percebemos que eles contam com jovens valores interessantes. Nos jogos deste final de semana, os três jogadores mais experientes da equipe (o levantador Nikola Grbic, o oposto Ivan Miljkovic e o meio-de-rede Andrija Geric) deverão estar na quadra. Isso torna a equipe deles ainda mais forte, porém, por outro lado, são jogadores que estamos mais acostumados a enfrentar”, analisa o atleta.

Para o ponteiro Murilo, a entrada dos jogadores mais experientes aumentará o poder de fogo sérvio. O atacante brasileiro destaca outro fator importante dos duelos deste final de semana.

“Provavelmente eles entrarão na quadra com a força máxima. É um time de qualidade, tanto que venceu o Pré-Olímpico Europeu. Para nós, poderá ser a última oportunidade de enfrentá-los com sua equipe completa antes de Pequim”, comenta.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo