iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

27/06 - 14:19

Entrosado, Brasil passeia contra o Cazaquistão

Seleção venceu com facilidade por 3 sets a 0, em pouco mais de uma hora de partida 

Gazeta Esportiva

Pela segunda fase do Grand Prix de vôlei, a seleção brasileira mostrou que está cada vez mais entrosada e confirmou seu favoritismo contra o Cazaquistão. Em partida disputada na madrugada desta sexta-feira, em Vinh Phuc, no Vietnã, a equipe verde-amarela venceu as cazaques por 3 sets a 0, com parciais de 25/10, 25/17 e 25/19, em apenas 1h02 de jogo.

Como a partida não era complicada para o Brasil, o técnico José Roberto Guimarães aproveitou a oportunidade para testar algumas modificações no time. Dominando a maior parte do jogo, as jogadoras deram conta do recado, com exceção de um pequeno deslize no terceiro set, quando as cazaques chegaram a abrir 9 a 4. Entretanto esta vantagem foi logo superada pelas brasileiras, que finalizaram o set em 25 a 19.

Estreante no Grand Prix, Thaísa se destacou na partida e foi a maior pontuadora do duelo, com 15 pontos marcados, sendo oito de ataque e sete de bloqueio. A segunda maior pontuadora do Brasil foi Sheilla, com 13 pontos.

“Fiquei um pouco nervosa no início do jogo, mas depois fui para o saque e consegui relaxar. Ainda cometi alguns erros bobos que, contra uma equipe mais forte, não posso cometer. Nunca havia enfrentado o Cazaquistão. Tinha apenas assistido ao vídeo. Jogar contra é bem diferente, mas deu tudo certo”, falou Thaísa.

Uma das jogadas que vem sendo fundamentais para a seleção brasileira são as realizadas no meio de meio de rede, com Sheilla e Fabianae , desta vez, com Thaísa. “Estas jogadas são importantes e vêm dando certo. Esta partida foi boa para entrar todo mundo. Apesar de o Cazaquistão não ter exigido muito do nosso time, demos uma bobeada no terceiro set, e as adversárias mostraram que estavam ali”, afirmou Sheilla.

Não somente os ataques funcionaram. Um outro fundamento foi essencial para a vitória brasileira: o saque, particularmente o de Sassá, que, muitas vezes, conseguiu quebrar o passe do adversário possibilitando contra-ataques. “Temos que aproveitar bem as oportunidades que aparecem. Foi isso que tentei fazer hoje. Acho que consegui ajudar a seleção com o saque. Isso foi legal”, falou a jogadora.

Neste sábado, o Brasil voltará à quadra para enfrentar a Turquia, às 6h30 (de Brasília). Além das turcas, as brasileiras enfrentarão nesta fase do campeonato a equipe alemã, no domingo.

As turcas também triunfaram na partida de estréia pela segunda fase. Elas passaram pela Alemanha por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/22, 25/27 e 25/18.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo