iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

20/06 - 18:19

Com reservas, Brasil vai mal e perde para a França
Com a equipe reserva, a selelçao brasileira de vôlei perdeu a primeira partida da série de duas da fase Intercontinental da Liga Mundial, para a França. Nesta sexta-feiora, em Paris, os brasileiros não conseguiram entrosar bloqueio e defesa e, com uma forte pressão sobre a equipe, perdeu por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 23/25, 25/23, 22/25 e 15/13.

Gazeta Esportiva

Agora, os franceses lideram a chave A, com o Brasil em segundo.

O primeiro set do confronto contou com a calma dos franceses, que souberam aproveitar os erros de contra-ataque dos brasileiros. O Brasil dominou o jogo até o momento quando o marcador apontava 7 a 6, entretanto, os donos da casa conseguiram virar e abrir 13 a 11. O técnico Bernardinho pediu tempo, mas não surtiu efeito, já que a França manteve-se à frente, finalizando o set em 25 a 22.

Já no segundo set o Brasil voltou mais atento, sacando mais forte e aproveitando melhor os contra-ataques e bloqueios, que fizeram a diferença. Os brasileiros se mantiveram sempre à frente no placar, que ficou empatado em 23 a 23. Entretanto, os comandados de Bernardinho não decepcionaram e finalizaram o set em 25 a 23, deixando o jogo em 1 set para cada lado.

Motivados pela vitória no set anterior, os brasileiros voltaram para a terceira etapa com o mesmo empenho, entretanto, não muito entrosados. Dominando o placar durante grande parte do set, com uma vantagem que variava entre dois e três pontos, o Brasil permitiu uma reação dos donos da casa, não sabendo aproveitar a vantagem que tinha nos 18 a 16. Quando o marcador apontava 19 a 19, os franceses se empenharam e não deixaram que os comandados visitantes assumissem a ponta novamente, finalizando a etapa em 25 a 23.

Muito equilibrado e tenso, com direito a diversas reclamações de Bernardinho, o quarto set foi marcado por uma irregularidade das duas equipes, que contam com jogadores sem muita experiência. Por sua vez, o Brasil pôde contar com a boa fase do ponta Samuel, que virou o marcador para o Brasil após um bom saque de Murilo, fazendo 19 a 18. A partir disso, Bernardinho colocou o levantador Marlon, que entrou bem, fazendo, inclusive um ace nos 24 a 21. Sidão fez o ponto que fechou o set em 25 a 22 a favor do Brasil e reacendeu as esperanças nacionais de vencer a partida.

No tie-breack, os franceses voltaram atentos e aproveitaram a dificuldade brasileira de concluir, chegando a abrir 4 a 1.Com dois bloqueios seguidos, o Brasil encostou no marcador, fazendo 4 a 3, obrigando o técnico francês, Philippe Blain, a pedir tempo, em vão, já que o Brasil empatou em 5 a 5. Mas o atacante da França Antonin Rouzier assumiu a responsabilidade e ajudou sua equipe a marcar 10 a 8, vantagem que permaneceu até os 15 a 13, quando os franceses fecharam o jogo.

Neste sábado, o Brasil tentará a recuperação diante dos donos da casa, que, no momento, lideram a chave A, que conta, também com Venezuela e Sérvia, que farão a primeira partida da série de duas também no sábado.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo