iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

12/06 - 14:20

Destaque, Sheilla avisa: “Brasil ainda tem muito a crescer”
Embora a seleção brasileira feminina de vôlei tenha vencido a primeira partida do ano, na noite desta quarta-feira sobre os Estados Unidos fora de casa, a equipe precisa melhorar. Pelo menos essa é a opinião da oposto Sheilla, maior pontuadora no triunfo verde e amarelo por 3 sets a 2, com parciais de 25/20, 21/25, 25/23, 21/25 e 17/15.

Gazeta Esportiva

Sheilla conferiu 23 pontos para o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães. A oposto conseguiu converter 18 deles em ataque, quatro de bloqueio e ainda converteu um ace. A segunda atacante brasileira mais eficiente foi a ponteira Paula Pequeno, autora de 20 tentos.

“É bom vencer, claro, mas ainda estamos longe do nível que queremos alcançar”, explicou Sheilla, que terminou com a mesma pontuação da norte-americana Logam Tom. “Cometemos alguns erros bobos, comuns nesta fase de preparação, e o time ainda tem muito a crescer”, complementou.

A representante nacional, no entanto, destacou a importância dessa série de três amistosos que o Brasil realizará com os Estados Unidos. Depois do triunfo na noite desta quarta-feira, as duas equipes voltarão a se enfrentar nas noites de sexta-feira e sábado.

“Esses amistosos estão servindo para que possamos nos entrosar melhor e chegar em ponto de bala no Grand Prix e nas Olimpíadas; E, para uma estréia, tivemos um bom desempenho”, complementou a oposto, medalha de prata nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro-2007.

Depois dos três embates com o time norte-americano, a seleção brasileira viaja para o Japão, onde estréia no Grand Prix em 20 de junho contra a Tailândia, às 4 horas (de Brasília).

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias