iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

10/06 - 18:04

Comandados de Bernardinho elogiam equipe sérvia
A poucos dias de estrear na edição 2008 da Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei adotou um discurso cauteloso ao falar de seu primeiro adversário no ano. Mesmo assim, os representantes nacionais acreditam que a intensa preparação realizada em Saquarema nas últimas cinco semanas pode ser o diferencial em quadra no Ginásio do Ibirapuera neste final de semana.

Gazeta Esportiva

“A Sérvia é um time que mescla bem a força física com a habilidade de seus ponteiros”, comentou o levantador Bruninho, filho do técnico Bernardinho. “O Eles contam com um ótimo levantador, o Nicola Gbric, e com um oposto forte e experiente, o Ivan Miljkovic, que quando está bem fisicamente é capaz de ajudar bastante a equipe”, destacou.

O oposto André Nascimento também teceu elogios ao grupo balcânico, mas acredita que a seleção brasileira poderá se sobressair, apesar da falta de ritmo de jogo. “É um time habilidoso, que merece toda a atenção, e enfrentar um time forte como a Sérvia será uma ótima habilidade para treinar o nosso bloqueio”, comentou o jogador do Vivo/Minas.

“Fizemos muitos treinamentos assim e, como os sérvios atuam em alta velocidade, poderemos avaliar o trabalho que nós realizamos. Estamos nos sentindo muito bem fisicamente, e agora temos que disputar as partidas necessárias para adquirir o ritmo de jogo, que é o que nos falta ainda”, acrescentou.

Outro que destacou a preparação realizada em Saquarema nas últimas semanas foi o levantador Marcelinho, que fará a sua estréia como titular da seleção brasileira na Liga Mundial. “Depois de tanto trabalho duro, chegou a hora que todos nós esperávamos, a de jogar. Fizemos a preparação de maneira correta e agora vamos colocar em prática tudo o que treinamos”, assegurou o camisa dois da seleção.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo