Depois do show da Xuxa, no final da década de 80, o Santos volta a realizar um show na Vila Belmiro. Neste domingo, o estádio servirá de palco para o cantor teen da musica sertaneja: Luan Santana

Luan Santana realiza neste domingo, às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro, seu último show em 2010
undefined
Luan Santana realiza neste domingo, às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro, seu último show em 2010
Após o time do Santos dar show nesta temporada com Neymar, Paulo Henrique Ganso, Robinho e companhia na Vila Belmiro, o clube encerra as atividades do estádio com mais um espetáculo. No entanto, o público verá outro tipo de artista: o cantor teen da música sertaneja, Luan Santana. Após praticamente 20 anos, quando o estádio recebeu um show da Xuxa, no final da década de 80, a Vila volta a realizar um evento de grande magnitude fora do futebol.

O clube alega dois motivos para promover o show sertanejo, que acontece neste domingo, na Vila Belmiro. Além de promover a troca do gramado, o primeiro motivo é transformar o estádio em uma arena multiuso em 2011. A ideia dos dirigentes santista é mandar mais jogos na capital na próxima

temporada, e explorar cada vez mais a locação da Vila.

Neste ano, além do show de Luan Santana, o estádio foi palco da final do Campeonato Brasileiro de futebol americano, além de ser utilizado pela diretoria do Santos nas confraternizações entre os funcionários do clube, e abrigar eventos de final de ano das empresas.

O show sertanejo servirá de parâmetro para o clube promover novos atrativos na próxima temporada. Segundo apurou o iG , uma das ideias do departamento de marketing do Santos é montar uma quadra de futsal sobre o gramado da Vila Belmiro. O projeto visa deslocar Neymar, Paulo Henrique Ganso e Marta para jogarem ao lado de Falcão na quadra improvisada no estádio.

Santos deve alugar a Vila e mandar mais jogos na capital em 2011

O fato de o clube ter mandado alguns jogos na capital neste ano, e a média de público como mandante ter subido de 10.156 em 2009 para 11.622 nesta temporada, animou a diretoria santista a mandar mais jogos em São Paulo, e alugar a Vila Belmiro para eventos.

“O artista tem que ir onde o público está. Acho um desperdício o Santos não participar de jogos em São Paulo. Só que precisamos ser sábios, e medirmos um equilíbrio que faça justiça a torcida do Santos como um todo. Vamos continuar jogando em São Paulo, pois lá gera receitas mais expressivas em função da capacidade”, afirmou o presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.