Tamanho do texto

Clube espera regularizar camisa 10 esta semana para Ricardo Gomes escalar força máxima no domingo

Bernardo (à esquerda) treina na praia
Fotocom
Bernardo (à esquerda) treina na praia
O técnico Ricardo Gomes terá uma semana de muito trabalho. Aproveitando que o time não entra em campo pela Copa do Brasil, os treinos serão dedicados ao clássico de domingo contra o Botafogo, no Engenhão.

Até aí, nenhuma novidade. O que fará o treinador perder mais fios de cabelo é a formação do meio-campo. Se Diego Souza for regularizado a tempo, como está previsto, o camisa 10 vai estrear. E como titular. A dúvida é quem deve sair.

Independentemente do “sacrificado”, o Vasco , pelo menos no papel, terá um time respeitado. Com Diego Souza ao lado da dupla Felipe / Bernardo , o torcedor começa a sonhar com dias melhores. Antes, porém, Ricardo terá a dura tarefa de encontrar a melhor formação para a equipe. O setor hoje é formado por Rômulo, Eduardo Costa, Felipe e Bernardo. Os dois últimos não saem do time, principalmente Bernardo. Autor de quatro gols em duas partidas, o meia foi o destaque nas vitórias por 4 a 2 sobre Duque de Caxias e Madureira. Neste domingo, contra o tricolor suburbano, em Volta Redonda, balançou a rede três vezes.

Gomes tem duas alternativas. A primeira seria barrar Rômulo ou Eduardo Costa. A outra é mais ousada: adiantar Felipe ou Bernardo, sacando Eder Luis. Neste caso, manteria os volantes. No entanto, caso tenha que mandar um dos dois para o banco de reservas, o comandante vascaíno, por ora, não teria uma definição. Enquanto Eduardo Costa é a voz da experiência no setor, Gomes já revelou que é fã de Rômulo.

Aos 21 anos, o franzino volante se destaca no grupo pela disposição. Prova disso é sua manutenção como titular mesmo com tantos jogadores de nome. “Rômulo, pela disposição, pelo condicionamento, vai longe. Ele vai fazer história no Vasco. Se novo ele já é assim, imagina quando ganhar mais fôlego”, analisou o técnico.

A briga não para por aí. Jeferson e Felipe Bastos - autor do quarto gol na vitória deste domingo - eram titulares até derrota para o Macaé, na abertura da Taça Rio. Foram para o banco, mas não caíram no esquecimento de Ricardo Gomes.