Time catarinense está na zona de rebaixamento, mas jogadores acreditam que podem sair dessa situação

O zagueiro Cláudio Caçapa, o volante Marcos Paulo e o meia Caíque foram apresentados oficialmente à torcida do Avaí nesta segunda-feira. Sem medo da má fase que o clube está passando, os jogadores acreditam que conseguirão demonstrar um bom futebol e ajudar o clube a sair da zona de rebaixamento.

O zagueiro Caçapa fez questão de exaltar os jogadores que compõem o plantel do Avaí. Com 35 anos, o zagueiro foi contratado para passar um pouco de sua vasta experiência aos atletas do sistema defensivo e ajudar o técnico Gallo a consertar os erros do setor, que é um dos mais criticados pela torcida.

"Eu vim para acrescentar experiência. Cheguei e vi que o grupo é bom e isso que me fez assinar o contrato. Tem lugar que você vai e vê que a turma não corresponde. Aqui eu sei que vai dar certo", afirmou Caçapa.

Já o meia Caíque mostrou-se motivado com a missão de tirar o Avaí das últimas colocações do Campeonato Brasileiro. O jogador pretende ter uma boa sequência de jogos na equipe catarinense e resgatar o bom futebol dos tempos de Guarani, onde atuou antes de ser contratado pelo Vasco.

"Eu sei da situação do time e tomo isso como um desafio pessoal. A vida é feita de desafios. Eu vim porque no Vasco eu jogava um, dois jogos, e depois nada. Aqui eu quero voltar a mostrar meu bom futebol", frisou o meia.

O Avaí segue treinando normalmente e embarca para o Rio de Janeiro na terça-feira, onde enfrentará o Botafogo, na próxima quarta-feira, no Engenhão. O Leão caiu para o 19º lugar no Brasileiro e se vê pressionado a conseguir um resultado positivo, já que uma derrota diante dos cariocas pode colocar a equipe na lanterna do campeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.