Tamanho do texto

Russas chegaram a perder o primeiro set, mas derrotaram italianas Sara Errani e Roberta Vinci e são campeãs

A decisão da chave de duplas do Aberto da Austrália foi realizada na manhã desta sexta-feira. As russas Vera Zvonareva e Svetlana Kuznetsova formaram a parceria de improviso, mas conseguiram vencer na final as italianas Sara Errani e Roberta Vinci, cabeças de chave número 11, por 2 sets a 1, parciais de 5/7, 6/4 e 6/3.

"Acho que decidimos (formar a dupla) na noite anterior ao final das inscrições", contou Zvonareva, rindo ao lado de sua parceira de última hora. A final da chave de duplas entre italianas e russas foi um sinal da tendência de as tenistas formarem duplas nacionais na temporada dos Jogos Olímpicos de Londres , nos quais o tênis será disputado em Wimbledon.

Kuznetsova e Zvonareva comemoram título em parceria iniciada por improviso
AP
Kuznetsova e Zvonareva comemoram título em parceria iniciada por improviso

Ainda assim, participar do evento na Inglaterra, a princípio, não é uma meta das russas. "Quando nos inscrevemos para jogar duplas aqui, não estávamos pensando nisso. Se formos escolhidas, tudo bem. A concorrência no nosso país é muito dura", afirmou Zvonareva, campeã ao lado de Kuznetsova sem ser cabeça de chave, algo que não acontecia desde 2008, quando as irmãs Bondarenko também surpreenderam.

As duas russas formaram o time em cima da hora e nunca haviam disputado uma final de Grand Slam juntas, mas têm uma larga experiência no assunto, já que, juntas, somam um total de 18 finais entre simples, duplas e duplas mistas. Em parcerias, Kuznetova foi campeã do Aberto da Austrália-2005 ao lado da local Alicia Molik e Zvonareva triunfou no Aberto dos Estados Unidos-2006 com a francesa Nathalie Dechy.