Tamanho do texto

Dinamarquesa se vingou da israelense Shahar Peer, que a eliminou no torneio no ano passado

A dinamarquesa Caroline Wozniacki reassumirá a liderança do ranking da WTA (Associação de Tênis Feminino) na próxima segunda-feira, quando a lista será atualizada. Nesta sexta-feira, ela avançou às semifinais do WTA de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, disputado em quadras rápidas, ao derrotar a israelense Shahar Peer por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1h14min, e garantiu a pontuação necessária para voltar a ser a número 1 do mundo.

Caroline Wozniacki saca contra Shahar Peer. Dinamarquesa venceu mais uma nos Emirados Árabes Unidos
EFE
Caroline Wozniacki saca contra Shahar Peer. Dinamarquesa venceu mais uma nos Emirados Árabes Unidos
Assim, Wozniacki ficou apenas uma semana fora da liderança do ranking da WTA. Ela assumiu a dianteira da lista em outubro de 2010 e foi ultrapassada na última segunda-feira pela belga Kim Clijsters. Na semifinais em Dubai, a dinamarquesa de 20 anos vai enfrentar a vencedora do jogo entre a australiana Samantha Stosur e a sérvia Jelena Jankovic.

A vitória desta sexta-feira também serviu como vingança para Wozniacki, que havia sido eliminado por Peer em Dubai no ano passado. Agora, ela abriu uma vantagem de 5 a 1 no confronto direto. Para isso, a dinamarquesa obteve seis quebras de serviço nas oito chances que teve na partida desta sexta-feira. Já Peer aproveitou apenas três das dez oportunidades que teve para quebrar o serviço de Wozniacki e foi eliminada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.