Belga eliminou favoritas, como a russa Dinara Safina, enquanto húngara chegou a uma decisão apenas pela segunda vez na carreira

Com a eliminação de Maria Sharapova nesta quinta, Yanina Wickamyer herdou o status de principal cabeça de chave do WTA de Auckland. Jogando a semifinal do torneio neozelandês, a belga teve uma partida duríssima contra a chinesa Shuai Peng, mas no final sua experiência prevaleceu.

Em quase 3h de partida, Wickmayer foi surpreendida no primeiro set, mas conseguiu a virada sobre a adversária, vencendo por 2 sets a 1, parciais 3/6, 7/6 (7-3) e 7/5. A cabeça de chave dois de Auckland teve um péssimo desempenho no saque, cometendo nove duplas-faltas contra apenas duas da rival.

Mesmo assim, Wickamauer devolveu melhor o saque de Peng e saiu de quadra com a vitória e a classificação para a final do WTA de Auckland. A belga medirá forças com a húngara Greta Arns, algoz de Sharapova nas quartas de final.

Contra a alemã Julia Georges, Arns precisou de apenas 1h26min para vencer por 2 sets a 0, parciais 7/6 (7-3) e 6/3. Apesar de não ter ido muito bem no serviço, a húngara quebrou o saque da rival nas três oportunidades que teve e agora enfrentará a principal favorita na final.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.