Número 55 do mundo está focado na disputa da Copa Davis contra o Brasil, que acontecerá em quadra de saibro

O uruguaio Pablo Cuevas, 55º do ranking, desistiu de disputar o Grand Slam de Wimbledon, marcado para começar semana que vem. O norte-americano Sam Querrey, 40º da ATP, também anunciou que não vai jogar.

Cuevas justificou sua desistência por não ter jogado nenhum torneio preparatório para grama e porque o duelo contra o Brasil, pela Copa Davis, será realizado no saibro. Ele teme uma adaptação muito brusca. "Lamentavelmente não poderei ir à Wimbledon. Agora farei de tudo para defender meu país na Copa Davis", escreveu em seu Twitter.

O norte-americano, por sua vez, está com uma tendinite no cotevelo, mesma lesão que tirou o alemão Benjamin Becker do aberto londrino. As vagas abertas serão ocupadas por tenistas de bom ranking que sejam eliminados apenas na última rodada do qualifier, como o polonês Lukasz Kubot e o italiano Flavio Cipolla.

Entre as mulheres, a belga Kim Clijsters também desistiu. Dessa forma, a búlgara Tsvetana Pironkova assumiu a posição de 32ª cabeça de chave.

O sorteio de chaves de simples será realizado nesta sexta-feira, em Londres. O brasileiro Thomaz Bellucci é o trigésimo favorito. Ricardo Mello também está presente no Grand Slam.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.