Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Tsonga demite técnico após sete anos de parceria

Tenista francês, 17º no ranking, quer montar equipe independente da entidade que controla a modalidade

Gazeta Esportiva |

Número 17 do mundo, o francês Jo-Wilfried Tsonga encerrou sua parceria com Eric Winogradsky, técnico que acompanhava o tenista há sete anos. Segundo a Federação Francesa de Tênis, Tsonga pretende montar uma equipe independente da entidade maior do esporte na França.

Ao lado de Winogradsky, Tsonga foi vice-campeão do Aberto da Austrália-2008, quando perdeu para Novak Djokovic, e também alcançou a sexta posição no ranking da ATP. Desde que virou profissional, em 2004, o francês conquistou cinco títulos na carreira, entre eles o Masters 1000 de Paris.

No passado, porém, o tenista francês passou a sofrer com lesões, que prejudicaram seriamente seu desempenho. Depois da campanha em Wimbledon-2010, Tsonga teve que passar por uma cirurgia no joelho e ficou o restante da temporada parado.

Recuperado, em 2011 Tsonga teve um começo de temporada animador, alcançando as semifinais do Torneio de Doha, parando no virtual campeão Roger Federer. No Aberto da Austrália, foi até a terceira rodada, esbarrando em Alexandr Dolgopolov. Em Roterdã, alcançou a final e foi eliminado nas quartas em Marselha.

Apesar dos bons resultados, Tsonga não foi bem nos primeiros Masters deste ano, perdendo na estreia em Indian Wells e caindo perante Dolgopolov mais uma vez, agora na terceira rodada de Miami.

Leia tudo sobre: jo-wilfried tsongatenisatp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG