Sérvio conseguiu vencer um set contra o número um do mundo, mas dores na coxa esquerda o incomodaram


selo

O sérvio Novak Djokovic contou com mais um abandono para avançar nesta quinta-feira à semifinal do US Open. O compatriota Janko Tipsarevic, único a tirar um set do número 1 no torneio, desistiu da partida no início do quarto set e encaminhou a classificação do rival e amigo.

Com dores na coxa esquerda, Tipsarevic recebeu atendimento médico no final do terceiro set, depois de mostrar bom preparo físico em longas disputas de bola com Djokovic. Ele chegou a voltar para o jogo, mas não aguentou o ritmo do duelo e abandonou quando perdia por 7/6 (7/2), 6/7 (3/7), 6/0 e 3/0.

Mesmo satisfeito com a vitória, Djokovic lamentou a desistência do amigo, com quem levou a Sérvia ao título da Copa Davis em 2010. "É difícil jogar contra um grande amigo. Ele é um grande jogador. Espero que se recupere", comentou o número 1 do mundo, que já havia conquistado com o abandono do irlandês Conor Niland logo na estreia.

Na semifinal, Djokovic espera agora o vencedor do confronto entre o suíço Roger Federer, seu algoz na semi de Roland Garros, e o francês Jo-Wilfried Tsonga. Os dois se enfrentam ainda na noite desta quinta-feira.

Antes de assegurar a classificação, o sérvio sofreu diante do seu compatriota. Tipsarevic mostrou bom volume de jogo nesta quinta e chegou a sacar para o set logo na primeira parcial. Djokovic, contudo, reagiu e fechou o set inicial.

Sem desanimar, Tipsarevic voltou a se impor no segundo set e, desta vez, levou a melhor no tie-break. No entanto, caiu muito de rendimento na terceira parcial e chegou a receber atendimento médico em quadra.

Djokovic aproveitou a fragilidade do rival e fechou o "pneu". Abatido, Tipsarevic não escondeu o cansaço no início do quarto set e abandonou o jogo após sofrer mais uma quebra de saque.

As semifinais masculinas serão disputadas somente no sábado, por conta do atraso da programação, consequência das chuvas na terça e na quarta-feira. A grande final só será realizada na segunda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.