Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Sharapova vence e tenta retorno ao topo do ranking contra Azarenka

Russa bateu a tcheca Petra Kvitova nas semifinais do Aberto da Austrália, enquanto Azarenka venceu Clijsters

Gazeta |

A decisão da chave feminina do Aberto da Austrália foi defininda na madrugada desta quinta-feira. O duelo entre a russa Maria Sharapova e a bielorrusa Victoria Azarenka, além do título do primeiro Grand Slam da temporada, vale a liderança do ranking mundial, já que a dinamarquesa Caroline Wozniacki caiu de forma precoce.

Leia também: Wozniacki minimiza queda no ranking e ganha elogios da algoz Clijsters

Com 7.485 pontos, Wozniacki era seguida de perto por Kvitova e Azarenka, com 7.290 e 6.865, respectivamente, e um pouco mais afastada estava Sharapova, com 6.440. Após cair nas quartas de final, a dinamarquesa receberá apenas 500 pontos, enquanto Kvitova ganhará 900 por chegar à semifinal, e as finalistas ganharão 1.400 e 2.000, pelo vicecampeonato e pelo título, respectivamente, deixando a ex-número 1 na 4ª posição.

Com apenas 22 anos, Azarenka, cabeça de chave número 3, derrubou a experiente Kim Clijsters, atual campeã do Aberto da Austrália e 11ª favorita, com uma vitória por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 1/6 e 6/3. Desta forma, ela garante vaga na primeira final de Grand Slam de sua carreira e diminui a vantagem da belga no confronto direto, uma vez que passa a reunir três vitórias em sete partidas.

Já Sharapova, quarta pré-classificada, eliminou a tcheca Petra Kvitova, cabeça de chave número 2, com parciais de 6/2, 3/6 e 6/4. Sem aces, a russa cometeu 10 duplas faltas, mas converteu todas as cinco chances para quebrar o saque da adversária. Derrotada pela rival na final de Wimbledon 2011, a musa se vinga e empata o retrospecto no confronto direto depois de quatro partidas.

AP
Sharapova comemora classificação para a final e a chance de recuperar o topo da WTA

Na final do Aberto da Austrália, Victoria Azarenka e Maria Sharapova se encontrarão pela sétima vez no Circuito da WTA. Até o momento, os números apontam extremo equilíbrio no confronto direto e cada tenista contabiliza três triunfos em um total de seis partidas. Nos quatro duelos disputados no piso rápido, o empate persiste.

Campeã de Wimbledon-2004, Sharapova chegou a assumir a liderança do ranking mundial no mês de agosto de 2005, antes de triunfar no Aberto dos Estados Unidos-2006 e no Aberto da Austrália-2008. Ela ainda foi vice em Melbourne em 2007. Recuperada de uma grave lesão no ombro, a russa de 24 anos voltou a disputar uma final de Grand Slam no ano passado, mas não conseguiu quebrar o jejum de títulos.

Ainda que a diferença de idade seja pequena em relação à Sharapova, Azarenka tem bem menos experiência nos torneios do Grand Slam. A tenista nunca havia passado das quartas de final do Aberto da Austrália e a semifinal de Wimbledon era seu melhor resultado em simples. Em duplas, ela perdeu as três finais que disputou, duas em Melbourne. Nas mistas, triunfou em Roland Garros 2008 e no Aberto dos Estados Unidos 2007.

AP
Já Azarenka celebra a primeira final de Grand Slam, e a possibilidade de assumir posição inédita na carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG