Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Sem técnico fixo, Murray rompe parceria com Corretja

Com um início de temporada ruim, britânico não trabalha com um técnico fixo desde agosto do ano passado. Ivan Lendl é cogitado

Gazeta Esportiva |

Getty Images
Parceira entre Murray e Corretja levou britânico a três finais de Grand Slams
Número 5 do mundo, o britânico Andy Murray rompeu parceria com o espanhol Alex Corretja, anunciou nesta terça-feira o próprio tenista. O técnico ajudava na preparação de Murray, prestando consultoria ao inglês principalmente nos torneios de saibro.

Às vésperas do início da temporada em terra batida, Murray cortou relações profissionais com Corretja, que esteve ao lado do tenista durante as três finais de Grand Slam que o britânico disputou e perdeu. Após o fim da parceria, Murray agradeceu o apoio que recebeu do espanhol.

"Eu aprendi muito de ter ficado próximo a ele nestes últimos anos", disse. "Quero agradecê-lo por seu trabalho duro, dedicação, entusiasmo e apoio", acrescentou Murray, que não deu muitas explicações sobre o que motivou sua decisão.

Com um início de temporada ruim, Murray não trabalha com um técnico fixo desde agosto do ano passado e cogita-se que Ivan Lendl, ex-número 1 do mundo e dono de oito Grand Slam, assuma este papel. Depois de perder a final do Aberto da Austrália para Novak Djokovic, o britânico caiu nas estreias de Roterdã, Indian Wells e também em Miami, nesta semana.

Leia tudo sobre: andy murrayatp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG