Tamanho do texto

Em suas cinco participações anteriores no Grand Slam britânico, a dinamarquesa jamais passou da quarta rodada

Atual número 1 do mundo, Caroline Wozniacki estreia em Wimbledon diante da espanhola Arantxa Parra Santoja. Em suas cinco participações anteriores no Grand Slam britânico, a dinamarquesa jamais passou da quarta rodada, mas aposta na possibilidade de render bem na grama.

Wozniacki em partida pelo Torneio de Copenhaguen
AFP
Wozniacki em partida pelo Torneio de Copenhaguen

"Sei que posso jogar bem na grama. Já ganhei outros torneios antes, como em Eastbourne, e também fui campeã do torneio júnior. Os jogos na grama são decididos por pequenas coisas, por pontos chaves, e é nesses momentos em que tenho que estar pronta", afirmou Wozniacki.

A dinamarquesa vem recebendo criticas por sua preparação para Wimbledon, já que, ao invés de disputar um campeonato na grama, preferiu voltar ao país natal para participar do , realizado no piso duro, onde conquistou o título ao vencer a tcheca Lucie Safarova na final.

Diante das críticas, Wozniacki trata de argumentar para defender seu calendário. "Acho que foi uma grande preparação, porque a mudança do saibro para a grama é muito drástica. Então, preferi escolher o caminho do meio e jogar na quadra dura", declarou.

A tenista dinamarquesa conseguiu alcançar a quarta rodada nas edições de 2009 e 2010 de Wimbledon. Primeiro, ela foi eliminada pela alemã Sabine Lisicki, então 41ª colocada do ranking mundial. No ano passado, caiu diante da tcheca Petra Kvitova, 62ª na época.

Na véspera da estreia em 2011, Wozniacki se diz confiante. "É um grande torneio, gosto muito de jogar aqui pelo ambiente e pelas tradições. É um evento fantástico. Estou treinando aqui há uma semana e me sinto muito bem. Acho que posso fazer um bom papel", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.