Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Saretta divide espaço com Moya, Muster e Kafelnikov em São Paulo

Ex-tenista brasileiro vai se reunir com ex-líderes do ranking mundial para o Circuito de Veteranos da ATP

Gazeta |

Gazeta Press
O brasileiro Flávio Saretta, o espanhol Carlos Moyá e o sueco Thomas Enqvist, durante entrevista coletiva em São Paulo
Na etapa de São Paulo do Circuito de Veteranos da ATP, o brasileiro Flávio Saretta divide espaço com astros como o espanhol Carlos Moyá, o austríaco Thomas Muster e o russo Yevgeny Kafelnikov, todos ex-líderes do ranking mundial, donos de títulos de Grand Slam e com mais de US$ 12 milhões em premiações durante as respectivas carreiras.

Aposentado desde maio de 2009, Saretta chegou ao 44º lugar do ranking mundial em 2003, mas nunca chegou a disputar uma final de simples em torneios de primeira linha da ATP. Ele foi campeão dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro-2007 e alcançou as oitavas de final de Roland Garros-2003. Em 11 anos de carreira, ganhou US$ 1,2 milhão.

"É uma honra enfrentar esses jogadores. Ter a chance de jogar contra eles [no Circuito de Veteranos] é a única hora em que você agradece por estar mais velho", brincou o jogador, ansioso pelo próprio rendimento. "Quando você está treinando e jogando, já sabe mais ou menos o que vai acontecer na quadra. Espero fazer um papel bonito e, quem sabe, vencer os caras", completou.

Com 30 anos, Saretta é o mais jovem dentre os inscritos na etapa de São Paulo do Circuito da ATP, que será realizada na tradicional Sociedade Harmonia de Tênis de quinta-feira a domingo. Entre os ex-profissionais, a chance de voltar à quadra é valorizada.

"A competição e a adrenalina de um jogo, com a torcida apoiando, são as coisas que eu mais tenho saudade. Nos meus últimos anos no circuito da ATP, jogava contra adversários 10 ou 12 anos mais novos do que eu, o que era muito duro. Reencontrar os rivais antigos será uma grande alegria", disse Moya, 34 anos, aposentado desde 2010 e campeão de Roland Garros-1998.

O sueco Thomas Enqvist, ex-número 4 do mundo e campeão de três Masters Series, faturou as duas últimas edições da etapa de São Paulo do Circuito de Veteranos. "Voltar a competir depois de alguns anos longe do circuito é fantástico e muito prazeroso", disse o sueco de 37 anos, que encerrou a carreira profissional em 2005.

Saretta, adversário de Muster, campeão de Roland Garros-2005, na primeira rodada, também comemora. "Eu parei de forma inesperada por lesão e, desde então, não encontrei outra coisa que me preencha e faça sentir o que sentia jogando. Por isso que um monte de tenista fica louco quando para", afirmou o brasileiro.

O australiano Mark Philippoussis conquistou as três primeiras etapas do Circuito de Veteranos de 2011, mas não veio à etapa de São Paulo. Thomas Enqvist, Thomas Muster e Flavio Saretta formam o Grupo Alcides Procópio, enquanto Carlos Moyá, Yevgeny Kafelnikov e Andrés Gomez compõem o Grupo Maneco Fernandes.

Veja datas e horários dos confrontos no Harmonia:

26 de maio - quinta-feira
18h30 - Yevgeny Kafelnivov x Andrés Gomez
A seguir - Flavio Saretta x Thomas Muster

17 de maio - sexta-feira
18h30 - Carlos Moyá x Andrés Gomez
A seguir - Thomas Enqvist x Thomas Muster

28 de maio - sábado
11h30 - Flavio Saretta x Thomas Enqvist
A seguir - Carlos Moyá x Yevgeny Kafelnikov

29 de maio - domingo
11 horas - Disputa de 3º e 4º lugares
A seguir - final

Leia tudo sobre: SarettaatpMoyaMusterKafelnikov

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG