Russa sofre de problema crônico nas costas há três anos e não tem prazo definido para retornar às quadras

selo

Ex-líder do ranking mundial, a russa Dinara Safina anunciou nesta quinta-feira que irá se retirar do tênis profissional por tempo indeterminado para tentar se curar de uma lesão crônica nas costas, que atrapalha seu desempenho em quadra há três anos.

Safina afirmou ao jornal russo Sport Express que ficará fora da próxima edição do Aberto de Roland Garros, Grand Slam que começa no próximo dia 22, na França, onde ela disputou a final do torneio em duas oportunidades.

A tenista ressaltou que irá levar o tempo que for preciso para se recuperar e enfatizou: "Eu não quero me torturar por mais tempo".

Aos 25 anos de idade, Safina é irmã do ex-tenista russo Marat Safin, que ganhou dois títulos de Grand Slam e se aposentou em 2009. Já Safina chegou à final de um Grand Slam por três vezes, mas nunca ganhou um título de um dos quatro torneios da série mais prestigiosa do tênis mundial. Ele foi vice-campeã de Roland Garros em 2008 e 2009, ano em que também foi derrotada na decisão do Aberto da Austrália.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.