Sérvio igualou a série de 41 triunfos consecutivos conquistada pelo suíço Roger Federer e pela lenda Björn Borg

O sérvio Novak Djokovic ampliou sua série invicta e venceu a 41ª partida consecutiva nesta quarta-feira. O número dois do mundo avançou à terceira rodada de Roland Garros após a desistência do romeno Victor Hanescu, que deixou a quadra quando o número dois da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) vencia por 6/4, 6/1 e 2/3.

Garantido nas oitavas de final do Grand Slam francês, Djokovic agora tem encontro marcado com o argentino Juan Martin Del Potro, que derrotou o esloveno Blaz Kavcic por 3 sets a 0. Este será o quarto duelo entre os tenistas, sendo que o sérvio venceu os três anteriores. Nesta quarta-feira, o brasileiro Thomaz Bellucci também avançou .

Contra Hanescu, Djokovic teve um melhor desempenho no saque, com 88% de pontos ganhos com o primeiro serviço. O sérvio terminou a partida com 27 bolas vencedoras, contra apenas 18 do romeno. Com dores na perna, Hanescu abandonou a partida no sexto game do terceiro set.

"Nunca é fácil ver um oponente desistir", disse Djokovic. "Joguei bem e espero poder jogar melhor amanhã [quinta-feira]", acrescentou o sérvio, que igualou a série vitoriosa de Roger Federer e Björn Borg de 41 triunfos consecutivos.

Djokovic teve mais trabalho para distribuir autógrafos do que para passar por Victor Hanescu
AP
Djokovic teve mais trabalho para distribuir autógrafos do que para passar por Victor Hanescu
"Continuo pensando na vitória, uma partida por vez. Não fico pensando quando a série vai acabar. Preciso ficar focado, determinado e dedicado. Tem sido os melhores cinco meses da minha carreira, espero continuar assim", declarou o número dois do mundo, que espera um duelo difícil contra Del Potro.

"É um grande desafio para nós dois. Del Potro é um jogador fantástico e merece ser Top 5 do mundo. Com certeza, ele vai voltar [ao Top 5]. Ele saca muito bem e joga de igual para igual em qualquer superfície", concluiu o sérvio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.