João Souza, o Feijão, é o favorito para completar a equipe e ocupar a terceira vaga brasileira

O capitão João Zwetsch já definiu dois dos três representantes brasileiros nos jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Na manhã desta sexta-feira, ele confirmou que Rogério Dutra da Silva estará ao lado de Ricardo Mello no México. Thomaz Bellucci, por sua vez, ainda não tomou uma decisão, mas tem poucas chances de participar.

"O Ricardo e o Rogério já estão dentro. O terceiro, vamos definir até o final da Copa Davis", disse Zwetsch. Convocado para o confronto com o Uruguai entre os dias 8 e 10 de julho, João Souza, o Feijão, é o favorito para completar a equipe. "O objetivo é levar um time competitivo e com chances de ganhar medalha", afirmou o capitão.

Além da disputa em simples, serão realizadas competições de duplas e duplas mistas no Pan, que começa no dia 14 de outubro. Cada país pode inscrever três representantes e o campeão ganha preferência na briga por um lugar na Olimpíada de Londres-2012. A ideia de Zwetsch é convocar um trio de especialistas em simples e formar as parcerias a partir deles.

Aos 27 anos, Rogerinho ocupa o 134º posto da lista mundial, seu recorde, e recebeu a primeira convocação para a Copa Davis. Em alta, ele demonstra empolgação com a chance de também representar o País nas quadras duras de Guadalajara, localizada a 1.560m de altitude, mesmo impossibilitado de pontuar no ranking da ATP.

"Defender as cores do Brasil é muito valido em qualquer ocasião, independente dos pontos. Eu já fiz boas campanhas em lugares altos, como Quito e Bogotá. Acho que não vai ser um problema tão grande se adaptar com a altura. Chegando um pouco antes para treinar, não tem problema", afirmou.

O capitão João Zwetsch chegou a consultar Thomaz Bellucci e Larri Passos sobre a possibilidade de participar dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. A dupla ainda não definiu uma posição, mas o atual 28º colocado no ranking mundial admite que dificilmente aceitará a proposta.

"Boa pergunta (risos). Ainda estamos conversando e não decidimos. Eu acho que tem poucas chances, porque o calendário está bem difícil para a gente e vai pegar uma semana que prejudicaria muito o nosso calendário. Por isso, a chance de eu ir é pequena", afirmou.

Os ATP 500 de Pequim e Tóquio, além do Masters 1000 de Xangai, também são realizados na primeira quinzena de outubro. Desta forma, a tendência é que Thomaz Bellucci priorize a possibilidade de pontuar no ranking mundial e descarte os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.

Nas duas últimas edições do campeonato, os brasileiros souberam explorar o nível técnico para garantir a medalha de ouro. Depois de Fernando Meligeni triunfar em Santo Domingo-2003 com direito a vitória sobre o chileno Marcelo Rios na decisão, Flávio Saretta foi campeão no Rio de Janeiro-2007.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.