Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Rogerinho perde de virada e fica fora do Aberto da Austrália

Brasileiro levou a virada do italiano Flavio Cipolla depois de mais de duas horas de partida no torneio classificatório

Gazeta |

Rogério Dutra da Silva tentou, mas não conseguiu furar o qualifying para o Aberto da Austrália. O brasileiro de 26 anos chegou à última etapa da chave, liderou o embate, mas foi superado de virada pelo italiano Flavio Cipolla. Em duas horas e 17 minutos de partida, Rogerinho perdeu por 4/6, 7/5 e 6/3.

Apesar de não ter se classificado diretamente para a chave principal do Grand Slam, Rogerinho ainda tem uma chance de entrar para a competição. Por ser um dos quatro cabeças de chave eliminado na última rodada do classificatório, o brasileiro entra no sorteio dos "lucky-losers" (perdedores sortudos em inglês) e depende de desistências na primeira rodada da chave principal. Até agora, não houve nenhum abandono.

No embate contra Cipolla, algoz de João "Feijão" Souza na primeira rodada, Rogerinho desperdiçou algumas chances de quebra. Com o primeiro set ganho, o brasileiro teve a oportunidade de quebrar o saque do italiano no décimo game do segundo set, mas perdeu as duas chances. No game seguinte, Cipolla não vacilou e confirmou o break-point.

No terceiro set, Rogerinho tinha 2/1 no saque, no entanto, deixou que o italiano devolvesse a quebra e ainda saísse na frente na parcial, garantindo a partida e a vaga no Aberto da Austrália, que tem início na madrugada desta segunda-feira.

No qualifying deste ano, o Brasil teve quatro tenistas, mas apenas Rogerinho avançou até a última rodada. Thiago Alves parou na segunda rodada, enquanto Feijão e Tiago Fernandes se despediram de Melbourne ainda na estreia.

Leia tudo sobre: RogerinhotênisAberto da Austrália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG