Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Roddick vai às quartas em Paris e vaga nas Finais fica muito perto

Americano, oitavo colocado do ranking, bateu o letão Ernests Gulbis por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860115500&_c_=MiGComponente_C

O norte-americano Andy Roddick derrotou o letão Ernests Gulbis por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (10-8), e avançou às quartas de final do Masters 1000 de Paris. Com o resultado, o tenista número 8 do mundo praticamente assegurou sua vaga nas Finais da ATP, torneio realizado em Londres que reúne os oito melhores jogadores do ano e encerra a temporada 2010.

Com a passagem para a próxima fase, Roddick já garantiu 180 pontos no ranking. Seu maior rival na briga por um lugar na Inglaterra é o espanhol Fernando Verdasco, que tinha, até o início do Masters francês, 335 pontos de desvantagem para o americano. Desta forma, o nono colocado da ATP precisa de, pelo menos, um vice-campeonato em Paris para se classificar para as Finais - ele encara nesta quinta-feira o anfitrião Gael Monfils em jogo válido pelas oitavas de final. Isso, no entanto, só vale se Roddick não vencer mais na França.

Esta foi a terceira vitória do oitavo colocado no ranking sobre Gulbis ao longo de sua carreira. O atleta da Letônia, 26º do mundo, ainda não conseguiu derrotar o norte-americano. Para derrotar o europeu em uma hora e 33 minutos, Roddick lançou mão do saque potente (foram 12 aces) e do bom aproveitamento no seu primeiro serviço (79%). Para ajudar, Gulbis cometeu 34 erros não-forçados ao longo do confronto.

Nas quartas de final, Roddick irá encarar o vencedor do duelo entre o sueco Robin Soderling, quarto cabeça de chave em Paris, e o suíço Stanislas Wawrinka.

O jogo
Favorito, Roddick tratou de impor seu ritmo rapidamente. Após confirmar seu primeiro serviço, quebrou o saque de Gulbis logo no segundo game da partida. Sempre em vantagem, o americano apenas administrou o resultado no primeiro set.

Apenas no sexto game Roddick teve seu saque ameaçado pelo adversário, quando o letão chegou a ter um break point a seu favor, mas não conseguiu aproveitar. Atrás no placar, o tenista europeu passou a arriscar mais e cometeu uma série de erros não-forçados. Ao fim do set, pagou por eles: 6/3 para o americano.

No segundo set, Gulbis conseguiu confirmar seu primeiro saque, mas a resposta do número 8 do mundo veio de forma rápida. O equilíbrio persisitiu ao longo da parcial. Nenhum dos dois quebrou o serviço rival e a decisão foi para o tie-break. E foi quando a experiência de Roddick voltou a fazer a diferença. Gulbis até dificultou as coisas, mas não resistiu: 10-8 para o americano e 2 sets a 0.

Leia tudo sobre: tênis - masters series

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG