Americano, insatisfeito com o calendário do tênis, fez a proposta a outros atletas, mas a ideia ainda está longe de sair do papel

Atual número 5 do mundo, o espanhol David Ferrer surpreendeu ao revelar uma sugestão inusitada por parte do norte-americano Andy Roddick. Por conta do profundo calendário do tênis na temporada, o ex-número 1 do mundo chegou a propor aos atletas a realização de um locaute, uma greve semelhante à da NBA.

A chuva, que tem atrapalhado a realização do Aberto dos Estados Unidos já há dois dias, deixou os jogadores ainda mais preocupados com o restante da temporada. Com um tempo curto de diferença entre os campeonatos, Roddick teria proposto a medida aos tenistas durante os intervalos entre as partidas do Aberto.

"Essa ideia de greve já existe há alguns meses", afirmou Ferrer, em entrevista às rádios espanholas Marca e Onda Cero.

"Estive no vestiário falando com Nadal e Roddick. Andy propôs a opção de fazer um locaute, mas acho que essa medida precisa ser discutida com a ATP, porque não é fácil em virtude dos interesses dos patrocinadores. E também precisamos pensar em quem está mais abaixo (no ranking mundial)", contou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.