Segunda do ranking, ela teve problemas com o tornozelo em Roland Garros e desistiu de Wimbledon

O tornozelo continua atrapalhando a temporada da belga Kim Clijsters. Segunda do ranking, ela teve problemas em Roland Garros e desistiu de Wimbledon por causa da lesão. Se recuperando para tentar jogar o Premier de Toronto, daqui a três semanas, a tenista não está satisfeita com a velocidade da recuperação.

Seu último torneio foi em 's-Hertogenbosch (HOL), após o Aberto da França e antes do Grand Slam londrino, mas ela foi eliminada na segunda rodada. Sua volta às quadras no Canadá ainda não está garantida, mas, se acontecer, não será em plenas condições físicas, pois a última etapa da fisioterapia terá que ser adiada.

"Neste momento, é uma decisão quase inevitável e terei que conviver com isso durante o resto da temporada, pois não há mais uma pausa longa o suficiente para trabalhar exclusivamente na recuperação do meu tornozelo. Infelizmente a recuperação está indo mais devagar que o esperado", lamentou.

Na semana seguinte ao Premier do Canadá, marcado para 8 de agosto, ela joga o Premier de Cincinnati, do qual foi campeã ano passado. Em seguida, há torneios menores em New Haven e em Dallas antes do Aberto dos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.