Sérvio, que vira lider do ranking se chegar à semifinal, derrotou Thiemo De Bakker por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/3

Está aberta a contagem regressiva rumo à liderança do ranking da ATP. Sem a menor dificuldade, Novak Djokovic derrotou o holandês Thiemo De Bakker por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/3, em uma hora e 32 minutos, em sua estreia no Aberto de Roland Garros. Agora com 38 vitórias consecutivas em 2011 (40 no total), o sérvio precisa chegar pelo menos até a semifinal do Grand Slam para se tornar o novo número 1 do mundo.

Foi o primeiro confronto entre Djokovic, segundo colocado no ranking mundial, e De Bakker, 71º, na história. Na segunda rodada no saibro francês, o sérvio irá enfrentar o vencedor do duelo entre o romeno Victor Hanescu e o francês Benoit Paire.

O jogo
Apesar do favoritismo estar todo sobre Djokovic nesta segunda-feira, foi De Bakker quem começou a partida nervoso. O holandês teve problemas para encaixar seu saque (acertou somente 46% de seus primeiros serviços) e entregou muitas bolas de graça para o rival. Dos 27 pontos do sérvio no set inicial, 13 foram conquistados a partir de erros não-forçados adversários. Nole aproveitou dois dos três break points que criou para fechar em tranquilos 6/2.

E se o rendimento de De Bakker melhorou na segunda parcial, isso não refletiu em quadra. Pelo contrário, o holandês foi presa ainda mais fácil para Djokovic. Isso porque, apesar de errar menos, De Bakker viu o sérvio sacar com 91% de eficiência e conseguir 10 winners. O holandês até teve um break point a ser favor, mas não aproveitou. Já Nole teve cinco oportunidades de quebra e precisou de apenas duas dela para finalizar em 6/1.

O terceiro set foi, definitivamente, o que mais trabalho deu a Djokovic. O sérvio viu o rendimento de De Bakker crescer e precisou de paciência para obter as quebras necessárias para fechar a partida. Errando menos do que nas parciais anteriores, o holandês conseguiu até 12 winners (contra oito de Nole), mas não conseguiu fazer frente ao saque do favorito. Com mais dois breaks, Djokovic finalizou a parcial em 6/3 e o duelo em 3 a 0.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.