Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Novak Djokovic acredita que Murray ainda vai ganhar um Grand Slam

Após vencer o escocês na final do Aberto da Austrália, sérvio elogiou seu companheiro de longa data

Gazeta |

Amigos desde os 11 anos, Novak Djokovic e Andy Murray fizeram a final do Aberto da Austrália desta temporada, e o sérvio saiu vencedor, conquistando o torneio da Oceania pela segunda vez na carreira. O britânico, por sua vez, passou por sua terceira final de Grand Slam sem conquistas, mas o terceiro do ranking acredita que isso vai mudar em breve.

Em 2008, no Aberto dos EUA, e na temporada passada, no mesmo Australian Open, Murray foi derrotado pelo suíço Roger Federer. Dessa forma, o jejum de 75 anos sem um título masculino de Grand Slam da Grã-Bretanha continuou. O último foi em Fleashing Meadows, com Fred Perry, em 1936.

"Tenho certeza que, com seu talento, você ainda conquistará um Grand Slam", afirmou Djokovic ao quinto tenista do mundo, que ele derrotou pela quinta vez em oito partidas no circuito.

O sérvio dedicou o troféu ao seu país e às vítimas das inundações que a Austrália sofreu semanas antes do evento, além de todo seu staff. "É um esporte individual e parece que tudo é assim, mas o mais importante são os bastidores", revelou.

Djokovic e Murray voltam às quadras em 7 de fevereiro, para a disputa do ATP 500 de Roterdã.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG