para vencer Murray, joguei no meu limite - Tênis - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Nadal teme cansaço na decisão deste domingo e avisa para vencer Murray, joguei no meu limite

O número 1 do mundo precisou de mais de 3 horas para derrotar Andy Murray e garantir a inédita vaga na final do ATP Finals

iG São Paulo |

Antes mesmo de conhecer seu adversário na decisão, Rafael Nadal já sabe que terá um problema extra para conquistar o primeiro título do ATP Finals na carreira: o cansaço.

Não bastasse o desgaste natural do fim de temporada, o espanhol precisou vencer uma batalha de 3 horas e 11 minutos neste sábado, diante de Andy Murray, para chegar à final. A experiência me diz que não estarei 100 por cento. Minha perna direita está muito cansada afirmou o número 1 do mundo. Joguei hoje no meu limite para conseguir vencer. Eu não sei como estarei amanhã (domingo). Mas agora estou esgotado, completou.

O cansaço chegou a atrapalhar Rafael Nadal durante o confronto diante do tenista escocês. No começo do terceiro set, saquei em 0 a 1, 0 a 30. Tive sorte do Murray errar pontos naquele momento, pois eu estava muito cansado e não sei se conseguiria me recuperar, disse Nadal.

É a primeira vez na carreira que o multicampeão chega em uma final de ATP Finals. Esse título é algo que me falta. Seria uma satisfação muito grande conquistá-lo. Mas, só de conseguir as vitórias que consegui até agora, mesmo sem título, já voltaria para casa satisfeito, revelou o melhor do mundo.

Leia tudo sobre: tênis - rafael nadal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG