Número 2 do mundo teve dificuldades contra seu compatriota no Masters 1000 de Cincinnati

AP
Nadal teve dificuldades em Cincinnati
O espanhol Rafael Nadal teve muito mais dificuldades do que esperava, mas selou sua passagem às quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati. Nesta quinta-feira, ele derrotou pela 12ª vez seu compatriota Fernando Verdasco, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/7 (4-7) e 7/6 (11-9) em 3h37min de jogo, e avançou no torneio preparatório para o Aberto dos Estados Unidos.

É a 12ª vitória de Nadal sobre Verdasco em 12 confrontos disputados entre os espanhóis. A melhor chance do número 21 do mundo de derrotar o segundo do ranking foi na semifinal do Aberto da Austrália de 2009, em que Nadal precisou de cinco sets para derrotar seu compatriota e ir à decisão.

Em Cincinnati, Rafael Nadal tem como próximo adversário o vencedor do duelo entre o francês Richard Gasquet, cabeça de chave 12, e o norte-americano Mardy Fish, sétimo favorito.

Murray supera local e avança
Outro cabeça de chave que continua firme na busca pelo título em Cincinnati é o britânico Andy Murray. Nesta quinta-feira, ele se vingou do local Alex Bogomolov Jr. por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5, em 1h42min de jogo.

Bogomolov Jr. foi responsável pela eliminação de Andy Murray na segunda rodada do Masters 1000 de Miami, uma das maiores zebras da temporada.

Cabeça de chave 4, o tenista de Dunblane pegará nas quartas de final quem avançar do embate entre o espanhol David Ferrer e o francês Gilles Simon, que entram em quadra ainda nesta quinta-feira.

Já o tcheco Tomas Berdych não teve problemas para superar o espanhol Nicolas Almagro, com 6/2 e 6/2, e aguarda o confronto entre Roger Federer e James Blake.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.