Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Nadal, sobre Fededer: "Temos uma relação fantástica"

Número um do mundo enfrenta o suíço, 3º da ATP, nesta sexta-feira, pela semifinal do Masters 1000 de Miami

Gazeta Esportiva |

O duelo mais badalado do tênis se antecipou em uma rodada e será realizado nas semifinais do Masters 1000 de Miami. Rafael Nadal e Roger Federer duelam, nesta sexta-feira, por uma vaga na final do torneio. Número um do mundo, o espanhol comentou a rivalidade com o suíço e ressaltou que está mais próximo dele.

"É sempre especial jogar contra ele", disse Nadal. "Sempre tivemos um grande respeito um pelo outro. Estamos mais próximos do que antes como amigos, porque nós passamos muito tempo juntos, com exibições, com o conselho da ATP. Temos uma relação fantástica".

Federer e Nadal se encontraram apenas cinco vezes em semifinais, sendo que seus maiores duelos ficaram reservados às decisões. Para o espanhol, este fato só aumenta a rivalidade entre os dois tenistas.

"Foram poucas vezes em que jogamos nas semifinais e isso é importante para a carreira de ambos. Final em Roland Garros, Wimbledon e do Aberto da Austrália, muitos no Masters 1000. Isso faz com que a nossa rivalidade fique muito, muito especial. Não sei se os grandes jogadores do passado fizeram muitos jogos como nós", acrescentou.

Para chegar às semifinais, Nadal precisou suar para derrotar o tcheco Tomas Berdych, por 2 sets a 1. O número um do mundo sofreu com alguns problemas no braço e precisou de atendimento, mas garantiu que está tudo bem.

"Foi realmente estranho. Eu estava pensando muito sobre o braço, e eu perdi um pouco a concentração. Se acontecer contra Roger, estou certo de que não atrapalhará o jogo", afirmou Nadal, que ficou bastante satisfeito com seu serviço durante o embate contra o tcheco.

"Meu saque salvou o jogo. É verdade. É algo que nunca acontece comigo, mas desta vez eu posso dizer que o serviço me salvou o jogo", comemorou o espanhol, que tem 14 vitórias e apenas oito derrotas no histórico contra Federer.

A outra semifinal do Masters 1000 de Miami será entre o norte-americano Mardy Fish e o sérvio Novak Djokovic, número dois do mundo e invicto neste ano.

Leia tudo sobre: tenismasters 1000 de miaminadalfederer

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG