Espanhol afirmou que a implantação do desafio deixou a arbitragem mais passiva durante os jogos

Rafael Nadal enfrentará Andy Murray na semifinal do Masters de Miami
AP
Rafael Nadal enfrentará Andy Murray na semifinal do Masters de Miami
O espanhol Rafael Nadal confirmou o favoritismo e garantiu uma vaga nas semifinais do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, após vencer o duelo contra o francês Jo-Wilfried Tsonga , na noite desta quarta. Entretanto, o número dois do mundo reconheceu que teve rendimento abaixo do normal e reclamou da atuação dos juízes.

Leia também: Em duelo equilibrado, Nadal bate Tsonga e pega Murray na semifinal

"Não joguei bem. Comecei muito bem na partida, mas depois de sofrer a quebra no segundo set passei a jogar mais defensivo", afirmou Nadal sobre a partida que terminou com parciais de 6/2, 7/5 e 6/4, em quase três horas de jogo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A atuação da arbitragem na última partida também irritou Rafael Nadal. "É certo que com o desafio, os juízes de cadeira mudam menos de opinião do que antes. Já disse isso umas 100 vezes. Eles pensam que têm menos pressão por causa dos vídeos e não se arriscam, pois sabem que as câmeras podem contradizê-los", declarou.

Mais tênis: De virada, Murray bate Tipsarevic e vai à semifinal

Tsonga concordou em parte com a opinião de Nadal e reforçou as críticas aos juízes, mas afirmou que o espanhol foi favorecido. "Durante toda a partida, tive que ficar pedindo o desafio e na maior parte das vezes eu estava certo. Os juízes nunca tomavam a iniciativa. Se a bola estava perto da linha, jamais decidiam contra Rafa e sempre contra mim, pois se ele quiser o juiz não arbitrará as semifinais nem as finais. Isso não me parece justo", bradou.

Confira análises e comentários do tênis no blog do Paulo Cleto

O próximo desafio de Nadal será contra o escocês Andy Murray. "Sempre é emocionante enfrentar um jogador que te obriga a ir até o seu limite em cada golpe. A única parte negativa é que preciso me recuperar bem", comentou o canhoto, que sente dores no joelho desde as disputas em Indian Wells.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.